Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Vila do Bispo deu voz aos munícipes

por Daniel Pina, em 24.10.14


De 15 a 20 de outubro, a população de Vila do Bispo foi convidada a identificar, a debater e a priorizar os projetos/obras para o município, participando deste modo na elaboração do Plano de Atividades e Orçamento para o ano 2015. Para o edil Adelino Soares, o Orçamento Participativo (OP) é um instrumento de gestão pública participada de fundamental importância na estratégia da Câmara Municipal de Vila do Bispo, pois aproxima eleitos e eleitores e promove a participação ativa dos munícipes nos processos de planeamento e gestão municipal. “Trata-se, de uma forma de governação, gestão e planeamento dos territórios, que tem por base a participação ativa dos munícipes”, considera o autarca.
Neste âmbito, o OP de Vila do Bispo tem como principais objetivos envolver os munícipes de forma informada e responsável no processo governativo local e assim garantir a sua participação nas principais decisões sobre os investimentos camarários. Desta forma garante-se que os dinheiros públicos a investir, no próximo ano, correspondem às verdadeiras e naturais aspirações da população. Assim sendo, para a freguesia de Vila do Bispo e Raposeira está previsto a recuperação do edifício dos Celeiros, a elaboração do projeto de reabilitação da Praça da República e ainda construção do loteamento municipal do Castelejo com a criação de cerca de 24 lotes e respetivos arruamentos na sede do concelho. Na aldeia da Pedralva será construído um sistema próprio de abastecimento de água e na Raposeira proceder-se-á à recuperação e adaptação da Escola Primária num núcleo museológico, estando ainda previsto, a beneficiação do respetivo espaço exterior. Na localidade das Hortas do Tabual será construído um novo reservatório de água.
Quanto à freguesia de Barão de São Miguel intervir-se-á na Ribeira daquela localidade e proceder-se-á à construção da rede de saneamento e de abastecimento de água no loteamento Rui Vaz, bem como, à pavimentação do respetivo espaço. Também na freguesia de Sagres estão previstas várias intervenções, nomeadamente no Mercado Municipal e a construção e ampliação da sede do Clube Recreativo de Sagres. A execução do projeto da requalificação do Centro de Sagres é outra das ações a incluir no Plano de Atividades e Orçamento para 2015. A requalificação das ruas Areias de Cima, da Residência e 25 de Abril, bem como, a envolvente da Praça da República são as ações previstas para a freguesia de Budens.

publicado às 18:11



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D