Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Vão arrancar, no dia 13 de abril, os trabalhos de Alimentação Artificial da Praia da D. Ana, em Lagos, previstos no Plano de Ordenamento da Orla Costeira (Burgau -Vilamoura). O início das obras remonta a 2009, mas foram entretanto suspensas porque o projeto necessitou de ser revisto e, só agora, na sequência da obtenção do visto prévio do Tribunal de Contas relativamente ao contrato da empreitada, a Agência Portuguesa do Ambiente informou o Município de Lagos de que está em condições de proceder à consignação da obra.
Destinada a proteger as arribas da erosão provocada pela ação das marés, esta intervenção irá ter um custo estimado de 1.8 milhões de euros, prevendo-se que a utilização da praia fique condicionada até ao dia 15 de junho. Os trabalhos implicarão, igualmente, que os acessos e a circulação automóvel naquela zona fiquem, por isso, temporariamente condicionados. Após as ações preparatórias, os trabalhos irão iniciar-se pela construção de uma estrutura de retenção lateral entre a arriba do limite Norte da praia da D. Ana e o leixão maior dos Artilheiros, seguindo-se a operação de enchimento da praia por bombagem de cerca de 140 mil metros cúbicos de areia.
No final desta obra, a extensão do areal da Praia da D. Ana ganhará cerca de 40 metros, permitindo por isso mais espaço para os muitos turistas que a procuram, bem como a criação de uma zona de segurança imperativa junto às arribas. Esta intervenção é considerada indispensável à proteção da frente de mar e à segurança dos utilizadores desta zona balnear de excelência do concelho de Lagos.

publicado às 19:10


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D