Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]






A Câmara Municipal de Olhão, através da Divisão de Planeamento e Ação Social, e a Polícia Marítima de Olhão, estão a desenvolver um projeto de identificação dos residentes na Ilha da Armona. O principal objetivo deste projeto conjunto, cuja ideia partiu do Comando da Polícia Marítima olhanense, é efetuar um levantamento dos residentes da Ilha da Armona que se encontrem em situação de maior isolamento, nomeadamente população sénior e pessoas em situação de mobilidade condicionada.
Com esta iniciativa pretende-se efetuar um acompanhamento frequente das pessoas sinalizadas, estabelecendo com estas uma relação de maior proximidade, quer através de visitas domiciliárias, quer de contactos telefónicos. “Sentimentos de segurança e apoio de retaguarda saem reforçados com esta iniciativa”, referiu a propósito o presidente da Câmara Municipal de Olhão, António Miguel Pina.
A primeira operação no terreno decorreu no dia 19 de novembro, tendo sido possível sinalizar nove residentes, na sua maioria seniores. Em breve, realizar-se-á nova ação conjunta para sinalizar mais residentes que possam vir a precisar de auxílio no futuro, o que tornará essa ação mais eficaz e rápida.

publicado às 18:32



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D