Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Os Municípios de Silves e de Palmela vão firmar um acordo de cooperação cujas linhas principais se centram no desenvolvimento de uma estratégia comum para potenciar a atratividade dos dois destinos nos mercados nacional e internacional, por forma a incrementar o desenvolvimento turístico e económico. A cerimónia de assinatura decorrerá no pavilhão do Turismo do Algarve da BTL (Bolsa de Turismo de Lisboa), a maior feira do sector do país, no dia 26 de fevereiro.
Atendendo a que o planeamento e a organização para o desenvolvimento turístico são cada vez mais pensados e concretizados numa lógica de parceria e complementaridade, este acordo resulta das características comuns de cada um dos municípios possui e que se tornam condições favoráveis para o incremento conjunto desta atividade que assume uma relevância estratégica para a economia local, regional e nacional. Sendo objeto do protocolo a concretização de uma estratégia promocional e atividades promocionais conjuntas, tendo em vista o desenvolvimento turístico de ambos os municípios, durante os próximos dois anos, Silves e Palmela irão desenvolver atividades que contribuam para a troca de conhecimento e experiências no âmbito do Turismo Cultural, Turismo de Natureza, Gastronomia, Vinhos e Golfe; incentivar a cooperação entre os agentes turísticos, com vista a criar uma rede de parceiros públicos e privados e avaliar o desenvolvimento de iniciativas conjuntas que contribuam para a promoção turística e para o desenvolvimento económico de ambos. São também objetivos deste acordo o fomento de sinergias no plano da comunicação e do marketing turístico desenvolvido nas redes sociais, compartilhando ligações, informações e outros conteúdos que sejam potenciadores para a promoção e divulgação dos territórios, assim como a análise e o desenvolvimento de projetos conjuntos candidatáveis a fontes de financiamento que permitam melhorar a competitividade de ambas as regiões.
Refira-se que o município de Silves é o segundo maior do Algarve e tendo vindo a apostar numa trilogia onde a Cultura, o Património e o Turismo se assumem como um eixo central e marca distintiva para projetar o desenvolvimento do concelho. A indústria turística e as potencialidades que a bacia do Arade proporcionam, conjuntamente com o valioso património histórico do concelho, definem como produtos turísticos a Gastronomia e Vinhos, o Sol e Mar, o Turismo Cultural e o Turismo de Natureza, a par da divulgação dos produtos tradicionais do concelho.
Por seu lado, o município de Palmela tem apostado num projeto de desenvolvimento local que passa pela valorização da economia local, em particular, dos seus produtos endógenos e pela qualificação e diferenciação da oferta turística. Após a distinção como «Cidade Europeia do Vinho», atribuída a Palmela pela rede internacional de municípios RECEVIN em 2012, e no quadro das medidas de desenvolvimento turístico promovidas pelo município, o Turismo Cultural, de Natureza e a Gastronomia e Vinhos, adquiriram maior projeção e constituem-se como os principais produtos turísticos deste concelho.

publicado às 19:36


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D