Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]






A dieta mediterrânica, registada na lista de património da UNESCO desde 2013, é o tema do novo passatempo fotográfico lançado pela Região de Turismo do Algarve, em parceria com a Direção Regional de Cultura do Algarve. Os amantes da fotografia são novamente desafiados a pegar nas máquinas e a disparar para ganhar prémios, tendo até final de agosto para participar.
Depois de um passatempo dedicado ao património do Algarve, a RTA e a Direção Regional de Cultura voltam a juntar-se para promover o destino turístico em imagens, mudando o tema desta vez para a força da identidade mediterrânica na região. E o que pode ser fotografado? Tudo o que diga respeito a esta dieta e ao estilo de vida que ela representa, que abrange no fundo práticas produtivas e extrativas como a agricultura e as pescas, formas de preparação e de consumo dos alimentos, festividades, tradições orais e expressões artísticas.
Em resumo, quem tenha registos de varejadores de oliveiras, de pescadores e de pescado, de frescos nos mercados, dos pastores e do seu gado, da tradição da vinha e do vinho, do convívio prolongado à mesa e de festividades que se repetem ano após ano como a armação do presépio tradicional rodeado de searinhas ou como «os maios», manifestação relacionada com a chegada do sol e o renascer da natureza, poderá participar. Ou então quem tiver uma boa imaginação que lhe permita retratar outros momentos associados à dieta mediterrânica.    
O passatempo «Raízes mediterrânicas no Algarve – do passado ao presente» irá prolongar-se até 29 de agosto e cada concorrente pode apresentar três fotografias, que serão carregadas online para que sejam votadas de 8 a 19 de setembro pelos internautas. A atribuição de «gostos» correspondem a uma ponderação de 30 por cento sobre o resultado final (os restantes 70 por cento são da responsabilidade de um júri). Os vencedores só serão conhecidos no início de outubro, altura em que se atribuirão os prémios: duas noites de alojamento para duas pessoas num hotel do grupo Luna Hotels & Resorts, mais um conjunto de três peças do ceramista Jorge Mealha (1.º lugar), duas noites de alojamento para duas pessoas no aldeamento Pedras d’el Rei, a par de um passaporte de entrada gratuita em monumentos do Algarve (2.º lugar), merchandising da marca Algarve e um cheque de oferta de publicações da Direção Regional de Cultura no valor de 25 euros (3.º lugar).

publicado às 13:55



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D