Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]






A Assembleia Municipal de São Brás de Alportel aprovou, em reunião ordinária de dia 25 de novembro, o Orçamento Municipal para 2015 no valor de 11 milhões e 287 mil e 557 euros. Apesar dos constrangimentos e dificuldades económicas que a autarquia enfrenta, em termos legais, operacionais ou físicos, à semelhança do que se passa no resto do país, o executivo municipal de São Brás de Alportel não deixa de querer manter um projeto ambicioso para o concelho e seus munícipes.
Em prol do desenvolvimento do município, este orçamento prevê dar continuidade ao trabalho desenvolvido na área da ação social, promover a saúde, o desporto e o acesso à educação, investir no ambiente e gestão de resíduos, bem como na proteção civil e luta contra incêndios, adotar novas medidas de apoio ao desenvolvimento económico do concelho e dinamizar os espaços culturais do município. O executivo liderado por Vítor Guerreiro defende que a estratégia passa por reforçar o investimento em setores chave, que privilegiem a modernização, projeção do concelho e a melhoria das condições de vida e bem-estar dos seus munícipes e ao mesmo tempo atender às novas necessidades sociais, mediante a criação de respostas sociais inovadoras e apropriadas.
O Orçamento Municipal para o próximo ano foi elaborado tendo em conta o contexto de incerteza que afeta a economia do país e está apto a ser adaptado a cenários imprevisíveis, que podem vir a exigir um reforço nas medidas de apoio à estrutura social e económica do concelho são-brasense, tendo sido aprovado por maioria com os votos favoráveis do PS e a abstenção das bancadas da oposição. “Este é um orçamento que, com rigor e ponderação, continua a apostar na criação de condições para a melhoria da qualidade de vida dos são-brasenses e a ambicionar mais para o futuro do concelho. A aprovação obtida na Assembleia Municipal evidencia um trabalho de diálogo realizado com os eleitos pelos partidos que se encontram na oposição e a confiança que acabam por demonstrar neste documento estruturante”, concluiu o presidente da Câmara Municipal, Vítor Guerreiro.

publicado às 17:00



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D