Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ricardo Melo Gouveia campeão na Aroeira

por Daniel Pina, em 04.03.15
O n.º1 nacional, Ricardo Melo Gouveia, conquistou o seu 2.º título do ano no Clube EDP PGA Open, que se disputou no campo n.º2 do Clube de Campo da Aroeira, em Almada, nos dias 2 e 3 de março. Um mês depois de se ter imposto no 2.º Morgado Classic, torneio internacional do Algarve Pro Golf Tour, de 10 mil euros em prémios monetários, o algarvio venceu a etapa inaugural do PGA Portugal Tour (o circuito profissional português) de 2015, com prize-money de seis mil euros, deixando o 2.º classificado, Gonçalo Pinto, a sete pancadas, e o 3.º classificado, o campeão nacional, Tiago Cruz, a oito.
Ricardo Melo Gouveia, de 23 anos, totalizou 133 pancadas, 11 abaixo do Par do Aroeira-II, um campo desafiador, que já recebeu o Ladies European Tour, a primeira divisão do golfe profissional feminino europeu. “Sinto-me muito bem (como campeão). Desde o primeiro dia que me senti sólido e é uma grande vitória, não só pelas voltas que fiz, mas também pela diferença que consegui em relação ao 2.º lugar. Estou no bom caminho para começar a época da melhor maneira”, declarou. “No primeiro dia a diferença foi que quando fui para o mato consegui recuperar bem e transformei situações de bogey ou pior em Par ou birdie. Hoje, tive muita consistência do tee e não dei muitas «abébias», como se diz no golfe”, acrescentou «Melinho», que levou para casa mil euros pela sua vitória.
Gonçalo Pinto, o único jogador na história do golfe nacional a vencer no mesmo ano os Campeonatos Nacionais de profissionais e amadores (em 2012), assinou dois cartões de 70 pancadas, duas abaixo do Par, para um agregado de -4 e arrecadou 800 euros, enquanto Tiago Cruz, autor de voltas de 70 (-2) e 71 (-1), ficou com 700 euros. Para além dos três primeiros classificados, merecem grande destaque três jogadores que efetuaram voltas de três abaixo do Par (69 pancadas), tirando partido de um dia de sol, quase sem vento: André Carvalho (que só passou a profissional em novembro) e os amadores da seleção nacional da FPG, João Ramos e Gonçalo Costa. André Carvalho e João Ramos partilharam o 4.º lugar (-2), enquanto Gonçalo Costa dividiu o 6.º posto (-1) com o ex-campeão nacional, Pedro Figueiredo. João Carlota e João Pedro Carvalhosa empataram na 8ª posição (a Par) e o top-ten fechou com Sérgio Ribeiro (+1). Entre 32 jogadores, haver nove abaixo do Par, com um vencedor com -11, são resultados muito bons.
O próximo torneio para os melhores jogadores portugueses será o 1º Castro Marim Classic, a 6 e 7 de março, a contar para o Algarve Pro Golf Tour, com 10 mil euros em prémios.

publicado às 11:17



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D