Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]






 Os municípios de Vila Real de Santo António e de Olhão realizaram, no dia 12 de setembro, as primeiras cirurgias oftalmológicas inseridas no programa «Cuidar», uma forma inovadora de partilha de recursos desenvolvida em parceria pelas duas autarquias algarvias e que permite dar uma resposta mais rápida e próxima aos problemas de saúde dos munícipes. Após o primeiro mês de atividade, ao abrigo do qual já foram efetuadas mais de duas centenas de consultas de oftalmologia, as primeiras cinco cirurgias permitiram a resolução de diversos problemas oftalmológicos a pacientes que, nalguns casos, aguardavam há cinco anos por uma resposta ou até uma primeira consulta do Centro Hospitalar do Algarve.
Com esta medida, as autarquias tornam mais célere o acesso a cuidados de saúde dos seus munícipes com menores rendimentos ou que tenham dificuldades em obter respostas do Serviço Nacional de Saúde. “Este passo é a prova de que as autarquias podem e devem estar na primeira linha no que se refere aos cuidados de saúde das suas populações, especialmente nos casos em que o Serviço Nacional de Saúde não funciona. Com esta rede de proximidade conseguimos resolver, em apenas um mês, problemas de saúde concretos que se arrastavam há mais de cinco anos sem qualquer tipo de resposta por parte do Estado e que levavam ao desespero das nossas populações. Estes são, por isso, indicadores de que o programa está a ser um sucesso e é já uma aposta ganha”, afirmou Luís Gomes, presidente da Câmara Municipal de VRSA.
Nesta primeira fase, o programa «Cuidar» está centrado nas patologias ligadas à área da oftalmologia, tendo em consideração o novo aumento das listas de espera nesta especialidade, que ultrapassa atualmente os dois anos no sul do país. A medida permite dar um passo em frente na implementação das redes intermunicipais de cuidados de saúde, desenvolvendo um novo modelo assente em políticas de proximidade que otimizará recursos e responderá aos problemas reais das populações. Para beneficiar do «Cuidar», os munícipes deverão inscrever-se na Divisão de Ação Social das autarquias de VRSA e de Olhão, esperando-se que o programa venha a atender cerca de 100 pessoas/mês.

publicado às 13:57



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D