Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Presidência Aberta viajou até ao Carvoeiro

por Daniel Pina, em 01.04.14


 Na senda da «Presidência Aberta», o Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Francisco Martins, realizou uma visita oficial de trabalho à freguesia do Carvoeiro, no passado dia 26 de março, para se inteirar dos problemas que podem afetar o nome e a imagem de uma das mais belas regiões do Algarve. Como é habitual, esteve acompanhado pelo seu executivo, autarcas da União das Freguesias e técnicos da Câmara Municipal, tendo passado Carvoeiro e outras povoações a pente fino e ouvido os cidadãos.
O primeiro ponto de paragem foi a Boavista, onde verificou a necessidade de se proceder ao asfaltamento da estrada da ETAR até ao Mato Serrão, assim como a colocação de uma rotunda, ainda que para o efeito haja necessidade de negociar com alguns proprietários. Também foi reconhecida a necessidade de construir passeios com a devida iluminação pública desde as Sesmarias até à zona do Solférias. “A situação mais grave que encontrei diz respeito ao edifício do anterior Casino, que está em risco de ruir, para além da péssima imagem de degradação. A Câmara Municipal, através dos seus serviços, procurará junto dos proprietários encontrar uma solução definitiva para o edifício”, disse Francisco Martins.
A comitiva autárquica fez uma demorada visita ao Mercado de Carvoeiro, o que permitiu conhecer o problema do deficiente isolamento da placa com infiltrações ao nível da cave, pelo que se torna necessária uma intervenção, com posterior pintura. Seguiu-se uma visita à Aldeia das Chaminés, onde se tomou conhecimento do estado em que se encontra a piscina, bem como toda a zona que a envolve e edifício do Centro de Apoio, totalmente abandonado e votado à utilização indevida das suas instalações. Foi ainda possível definir um reforço da ligação de esgotos à rede pública, bem como a avaliação de uma melhor colocação dos recipientes de recolha de resíduos domésticos.
A finalizar, o Presidente da Câmara e sua comitiva constataram a necessidade de se reestruturar o trânsito na baixa de Carvoeiro, pelo que se irá estudar uma melhor viabilização do seu circuito. Seguindo pela rua do Barranco, foi decidido substituir o abrigo de passageiros existente, construir o passeio em falta no lado direito da rua, marcar no pavimento duas passadeiras para peões e colocar uma lomba antes do desvio para a rua do Rafaiol. Ao fundo da rua, numa zona de acesso a moradias, alguma vegetação intensa não cuidada impede a circulação, pelo que foi decidido proceder a uma limpeza e criar as condições mínimas para quem circula por aquela via.

publicado às 14:55



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D