Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Foi inaugurado, no dia 14 de Abril, o Centro Municipal de Proteção Civil e Operações de Socorro, instalado no 2.º piso do Quartel dos Bombeiros de Portimão, numa cerimónia que foi presidida pela Ministra da Administração Interna, Anabela Miranda Rodrigues. O Centro pretende ser um espaço modelo no âmbito das competências da Proteção Civil no patamar municipal, uma vez que integrará num só espaço o Planeamento, a Sensibilização e Informação Pública, a Decisão Política e Operacional, a Logística e Sustentação das Operações e a capacidade de articulação entre os diversos Agentes de Proteção Civil locais, nomeadamente os elementos essenciais para a materialização da resposta operacional no âmbito da proteção e socorro.
Este Centro está dotado de espaço físico e recursos tecnológicos para albergar e apoiar a Comissão Municipal de Proteção Civil nas suas competências de coordenação institucional, quer na vertente política, assim como na coordenação operacional, estando igualmente preparado para servir as funções de uma organização diferenciada em situação de acidente grave ou catástrofe, por via da ativação do Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil. “Portimão já tem um Centro Municipal de Proteção Civil e Operações de Socorro que é dos melhores centros municipais a nível nacional”, destacou a Presidente da Câmara Municipal de Portimão, Isilda Gomes, que revelou ainda que a instalação do Centro custou cerca de 60 mil euros, parte dos quais com aproveitamento de móveis e outros equipamentos provenientes dos outros edifícios municipais.
Este equipamento, já em funcionamento, passará a ser o centro nevrálgico da Proteção Civil Municipal, albergando o Serviço Municipal de Proteção Civil (SMPC), o Comandante Operacional Municipal (COM), o Comando e Estado-Maior do Corpo de Bombeiros, o Gabinete Técnico Florestal (GTF) e a Comissão Municipal de Proteção Civil (CMPC), e serve ainda as atividades da Comissão Municipal de Defesa da Floresta contra Incêndios (CMDFCI), o Conselho Municipal de Segurança e as Subcomissões no âmbito da proteção e socorro. A proximidade e articulação indispensável com o principal Agente de Proteção Civil e responsável pelo comando das operações de socorro – O Corpo de Bombeiros de Portimão – torna este espaço num facilitador da ação de proteção e socorro das pessoas, na salvaguarda do seu património e do ambiente.

publicado às 18:43


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D