Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Lar Residencial da NECI foi inaugurado

por Daniel Pina, em 07.05.14


O Lar Residencial da NECI - Núcleo Especializado para o Cidadão Incluso – foi inaugurado, no dia 2 de maio, tornando real um sonho de muitos utentes, familiares e entidades empenhadas na inclusão do cidadão com deficiência. A NECI é uma IPSS na área da deficiência sediada na Praia da Luz, concelho de Lagos, cuja zona de intervenção abrange também os concelhos de Portimão, Aljezur e de Vila do Bispo. Além de várias valências tem como principais respostas sociais o Centro de Atividades Ocupacionais (CAO) e Intervenção Precoce.  
A instituição lutava há 12 anos por um Lar Residencial e o projeto foi financiado pelo Programa PIDDAC e completado pelas comparticipações das Câmaras de Lagos, Aljezur e Vila do Bispo, que o têm acarinhado e apoiado incondicionalmente desde o seu início, assumindo a Câmara de Lagos um papel basilar em todo o processo. A cerimónia contou com as presenças da Presidente da Câmara Municipal de Lagos, Maria Joaquina Matos; do Presidente da Câmara Municipal de Vila de Aljezur, José Manuel Amarelinho; Presidente da Câmara Municipal de Vila do Bispo, Adelino Soares; da Diretora do Centro Distrital de Faro do Instituto de Segurança Social, IP, Ofélia Ramos; dos responsáveis pela Direção da NECI (Prof.ª Eduarda e Prof. Campos, entre outros) e pelo Bispo do Algarve, D. Manuel Quintas. Estiveram igualmente presentes o Presidente da Assembleia Municipal de Lagos, Paulo Morgado, os vereadores das autarquias envolvidas, os Presidentes das Juntas de Freguesia, outras entidades oficiais do Município e da região, utentes e pais dos utentes da NECI e comunidade local.
Tal como se esperava, e à semelhança do que já havia acontecido em 2011, aquando o lançamento da 1ª pedra deste Lar, esta foi uma tarde recheada de surpresas. A primeira foi proporcionada por alguns elementos do Grupo de Motards da Luz, que nas suas motas traziam como acompanhantes jovens - utentes da NECI, que transportavam várias bandeiras, sendo as primeiras as da própria instituição e das Câmaras Municipais de Lagos, Aljezur e Vila do Bispo, principais «patrocinadores» deste projeto. A anteceder o primeiro ato oficial da tarde, todos os presentes foram brindados com dois momentos de dança proporcionados por utentes da NECI.
Logo de seguida, decorreu o descerramento da placa oficial da Inauguração do Lar Residencial da NECI, sendo que a Presidente da Câmara Municipal de Lagos, convidou a acompanhá-la, neste ato, os Presidentes das Câmaras Municipais de Aljezur e Vila do Bispo, a Diretora do Centro Distrital de Faro do Instituto da Segurança Social, a Direção da NECI, chamando, igualmente, o anterior presidente da Câmara de Lagos, Júlio Barroso. Terminado este descerramento decorreu a Bênção das novas instalações, levada a efeito pelo Bispo do Algarve, D. Manuel Quintas, ao que se seguiu um momento musical, em que o Hino da NECI (canto e instrumental) foi interpretado por jovens da Academia de Música de Lagos. Recorde-se a propósito, que a Música é da autoria de João Pedro Cunha (também Professor da Academia de Música de Lagos) e a Letra é a da autoria de Arselino Correia (pai de um jovem utente desta instituição). No final desta atuação, e para assinalar a inauguração deste equipamento, assistiu-se à largada de balões pelos utentes da NECI - um ato simbólico para “dar cor e uma nota de alegria e de esperança neste dia”, especial para a Direção da NECI, seus utentes e familiares, patrocinadores e amigos da instituição.
Nas intervenções oficiais, Eduarda Santos, Presidente da Direção da NECI, frisou que o sonho do Lar Residencial já vem de há doze anos, mas só há cerca de dois é que começou a tomar realmente forma. “O 1º projeto tinha três pisos e ao longo do tempo, e por motivos orçamentais, os foi perdendo até ficar apenas com o piso térreo. Mas o mais importante é que o projeto está de pé”, referiu a professora, agradecendo todo o apoio e acompanhamento dado pela autarquia, uma vez que o terreno foi cedido pela mesma, bem como o pagamento do projeto. Reforçou a importância deste equipamento “imperativamente necessário para tranquilizar a angústia e sofrimento dos pais que envelhecem e desejam partir descansados deixando assegurado um lar para os seus filhos”, mostrando-se confiante no facto da abertura do Lar poder ocorrer até ao final deste ano.
Durante a sua intervenção, recordou também os vários prémios que a NECI já alcançou, e as diversas parcerias que conseguiu reunir para que os seus utentes pudessem usufruir de uma série de atividades como, por exemplo, ter acesso às piscinas municipais, equitação adaptada ou desportos náuticos. E considerando que têm sido contactados por vários casais com filhos com necessidades especiais, que precisam de sítios onde possam passar férias com eles e onde lhes seja possível proporcionar as atividades adequadas, para a Presidente da Direção da NECI não há dúvidas que “o próximo passo é ter uma unidade de turismo acessível”.
A Diretora do Centro Distrital de Faro do Instituto de Segurança Social, Ofélia Ramos, destacou a coragem de todos os que nunca desistiram deste sonho. “Esta cerimónia é muito mais do que o descerramento de uma placa, significa, sim, o dia em que podemos começar a fazer a diferença na vida dos utentes e das suas famílias”. Lembrou que esta obra, em termos de investimento público, rondou os 650 mil euros, ainda que tenha sublinhado que “de momento não existe disponibilidade financeira por parte do Centro Distrital para celebrar os Acordos de Cooperação que possam tornar possível o funcionamento efetivo deste equipamento”, prometendo fazer “todos os possíveis para que este compromisso possa ser honrado o mais breve possível”.
Também os Presidentes das Câmaras Municipais de Vila do Bispo, Adelino Soares, e de Aljezur, José Manuel Amarelinho, deixaram agradecimentos especiais à NECI, por todo o trabalho desenvolvido e por todo o esforço neste projeto. José Amarelinho mostrou-se especialmente emocionado, uma vez que, e de acordo com o que o mesmo, partilhou “desde muito cedo aprendi a conviver com a diferença”, falando a propósito de dois seus familiares e que, por essa razão, “tão bem compreendo o pânico de tantos pais que precisam de respostas para o futuro dos seus filhos”. A finalizar as intervenções oficiais, usou da palavra a Presidente da Câmara Municipal de Lagos, Maria Joaquina Matos, que relembrou o longo e assinalável percurso desta instituição e dos seus dois fundadores, que conheceu nos anos 80, altura em que todos eram professores. “Esta instituição foi pensada e fundada tendo em conta a necessidade que se fazia sentir na altura no que dizia respeito a apoios e respostas a necessidades de pessoas com deficiência”, referiu. “O projeto da NECI nunca parou. Cresceu, dinamizou-se e ganhou dimensão e várias valências técnicas. Agora, e porque tantas questões se lhe foram colocadas por pais preocupados com o futuro dos seus filhos outro sonho nasceu e, graças à congregação de vários apoios e sinergias, foi concretizado – o Lar Residencial. Este é um edifício moderno, sóbrio, confortável e seguro, e um equipamento que a todos orgulha, e que vem reforçar a nossa Rede Social concelhia. Cumpriu-se o sonho. O próximo passo é mesmo abrir as suas portas e acolher os que dele necessitam, e neste capítulo precisará mesmo do reconhecimento e apoio do estado”.

publicado às 15:22



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D