Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]






No âmbito do Projeto de Emergência Interno e respetivas medidas de autoproteção para os equipamentos do Centro Paroquial de Paderne, realizou-se, no dia 3 de novembro, um exercício de simulacro na creche de São José, na freguesia de Ferreiras, concelho de Albufeira. Trata-se de uma iniciativa integrada no projeto Q3 (Qualificar o terceiro Setor), da responsabilidade da Associação Empresarial Portuguesa (AEP), que no Algarve está a ser promovida pela Associação In-Loco. O simulacro na Creche de São José resultou de meses de preparação e implementação do Plano de Emergência Interno da instituição, o qual contou com o apoio da empresa BeSafe.
Foi simulado um foco de incêndio numa das zonas de maior risco – a cozinha - que foi combatido com mantas e extintores portáteis. Como não foi possível extinguir o fogo num curto espaço de tempo, foi necessário fazer a evacuação de todas as pessoas que se encontravam no edifício, 35 crianças, entre as quais oito bebés, e 17 funcionários, para o ponto de encontro assinalado no espaço exterior da Creche. Refira-se que a evacuação decorreu sem incidentes, respeitando as boas práticas exigidas nestas situações.
O exercício contou com a participação ativa dos Bombeiros Voluntários de Albufeira e do Destacamento da Guarda Nacional Republicana de Albufeira – Posto de Paderne, que aproveitaram a iniciativa para testar a prontidão dos meios de socorro em ambiente de sinistro urbano. Para acompanhar o exercício foi convidada uma equipa de observadores que contou com as presenças do responsável pelo Serviço Municipal de Proteção Civil, do Comandante Operacional Municipal, Comandante dos BVA e respetivo adjunto e o Comandante do Posto de Paderne da GNR.
No final, realizou-se uma reunião com todos os intervenientes para avaliar e discutir o resultado do exercício, tendo sido discutidos os procedimentos que necessitam de aperfeiçoamento, numa perspetiva de melhoria contínua. Os responsáveis fizeram questão de salientar que foi a atitude preventiva e colaborante de todos os participantes, a preocupação demonstrada relativamente ao bem-estar dos utentes, o empenho, a formação e a constante preocupação por parte dos colaboradores da instituição que estiveram na origem do sucesso da iniciativa.    

publicado às 21:13



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D