Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Cortelha apresenta sabores e tradições

por Daniel Pina, em 22.07.14


No primeiro fim-de-semana de agosto, dias 2 e 3, a aldeia da Cortelha, no interior do concelho de Loulé, recebe mais uma edição dos Manjares Serranos e o XI Festival de Folclore da Serra do Caldeirão. Esta iniciativa, que tem conquistado inúmero público ao longo dos últimos anos, alia o mais tradicional do folclore nacional, acompanhado à mesa pela típica gastronomia serrana.
O folclore, expoente máximo das tradições nacionais, terá no dia 2 de agosto um papel de destaque.
De Palmela vem o Rancho Folclórico «Os Fazendeiros» das Lagameças, representando o rico e vasto espólio etno-folclórico do concelho de Palmela. O Ribatejo marcará presença através do Rancho Folclórico da Ribeira de Santarém e presente estará também o Rancho Folclórico da Casa do Minho, fundado por um grupo de minhotos residentes em Lisboa, que tem como objetivo recolher, preservar e divulgar a cultura tradicional minhota.
Para dar um brilho diferente, o Festival de Folclore contará com a presença de dois grupos além-fronteiras. Da Gran Canária chegará o grupo designado por «Agrupacion Folklorica Abenechara», que irá demonstrar os trajes tradicionais daquela ilha, assim como as suas sonoridades. O Grupo «Folk Ensemble ERA» vem da Sérvia, com as suas melodias e danças alegres. O anfitrião é o Grupo Etnográfico da Serra do Caldeirão, onde os pares representam várias profissões que ao longo do tempo foram o suporte económico desta zona rural, onde se enquadram o tirador de cortiça, a padeira, o moleiro, o ceifeiro, entre muitos outros ofícios, sendo que todos eles trajam a rigor e fazem-se acompanhar de todos os utensílios que antigamente cada profissão utilizava. Realce ainda para os lavradores abastados, os noivos e os montanheiros. Para além do Festival de Folclore, o acordeonista Gonçalo Tardão abrilhantará a festa com o tradicional baile serrano. Domingo será dia de música tradicional com o Grupo Musical «Rastemenga» e o baile serrano com Leonel Alexandre.
Este duplo evento, que tem sido de sucesso em anos anteriores, dá a provar aos inúmeros forasteiros a tradicional orelha de porco, o chouriço e presunto caseiro, o galo guisado, borrego ou javali e as famosas papas de milho, acompanhados de vasta doçaria regional algarvia e da aguardente de medronho. Para além de se degustarem sabores por muitos já esquecidos, toda a envolvência da festa possibilita ainda reviver a vida, as tradições e os costumes das gentes originárias desta zona serrana do Algarve, bem ilustrados na acolhedora aldeia da Cortelha. Durante todo o evento estará igualmente exposto o chamado mercadinho serrano, onde os visitantes poderão apreciar algum do artesanato da Serra do Caldeirão.

publicado às 14:47



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D