Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]






Em ano de centenário do município, o Centro Histórico da Vila ganha nova vida no dia 15 de agosto, com o «Calçadas, a Arte sai À Rua», evento que traz à rua mais de uma centena de artistas são-brasenses. Entre as 20h e as 02h, esta noite diferente convida os visitantes a apreciar diversas demonstrações de música, dança, contos, fotografia, pintura e escultura, artesanato, entre outras manifestações artísticas, para além de redescobrir o centro histórico e saborear os petiscos típicos.
A iniciativa é uma organização conjunta da Câmara Municipal de São Brás de Alportel e de um grupo informal que nasceu espontaneamente da comunidade, e ao qual se juntaram associações e entidades locais, com o objetivo comum de dar a conhecer a riqueza criativa da comunidade são-brasense e abrir portas do burgo antigo da vila. O Centro Histórico apresentará seis espaços diferentes de animação destinados a acolher diversas atuações ao longo da noite: espaço da dança e performance, no Adro da Igreja; o espaço da música na antiga Praça Velha; o Café Concerto no Pátio do Palácio (atual Centro de Artes e Ofícios), no Largo do Mercado, por onde passará uma plêiade de talentos são-brasenses; o espaço do teatro de fantoches no claustro da Biblioteca Municipal; o espaço dos «Contos de Assustar», na «Calçadinha» de São Brás, antiga via de origem romana; e o Pátio Vila Adentro, um novo espaço que será aberto ao público neste dia, em resultado de uma intervenção de reabilitação e que é o local escolhido para acolher dois convidados muito especiais: a Orquestra Clássica do Sul e o intérprete Dino D’Santiago. A Orquestra Clássica do Sul trará a este espaço as bandas sonoras do cinema, num percurso pelos clássicos da sétima arte. Depois, Dino Santiago propõe-se a perfumar de mundo esta noite mágica.
Nas ruas, o artesanato local dá a conhecer as potencialidades de inúmeras matérias-primas, trabalhadas com mestria e inovação por artistas são-brasenses. Neste Mercadinho de Artesãos de oferta diversificada, os visitantes podem encontrar objetos decorativos, utilitários, bijutaria, entre muitas outras sugestões. Vale a pena espreitar a antiga Mercearia, no Largo do Mercado, a casinha estreita que se esconde junto ao Largo Menina Souzinha e entrar na antiga Farmácia Passos e na casa/galeria de Valerie Lindot onde se respira arte. E por aqui e por ali pode encontrar artistas a trabalhar ao vivo e antigas portas fechadas ganharão novo rosto pela mão de jovens pintores.

publicado às 17:15



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D