Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




No próximo fim-de-semana, dias 14 e 15 de março, o Pavilhão Desportivo Municipal de Loulé recebe o Campeonato Nacional de Boccia 2015 – Zonas Centro, Sul e Ilhas para as classes BC1, BC2, BC4, BCE. Numa organização da Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência, com o apoio da Câmara Municipal de Loulé, esta é mais uma iniciativa que integra o programa de «Loulé Cidade Europeia do Desporto 2015».
No sábado, dia 14, a competição arranca pelas 10h e estende-se até às 18h. Já no domingo, dia 15, os jogos têm início às 10h e as finais estão marcadas para as 11h. O Torneio de Boccia Sénior realiza-se entre as 10h e as 13h. O evento finaliza com a cerimónia de encerramento e entrega de medalhas.
O Boccia é uma modalidade de cariz universal, descendente de um jogo da Antiga Grécia, que progrediu através do Império Romano, tendo vindo a dar origem a uma vasta gama de jogos, entre os quais o bowling e a petanca. Foi introduzido em Portugal em 1983, durante um curso organizado pela APPC (Associação Portuguesa de Paralisia Cerebral), em estreita colaboração com a CP – ISRA (Associação Internacional de Desporto e Recreação para a Paralisia Cerebral). As vertentes de jogo vão do lazer e recreação ao mais alto nível de competição e é reconhecido neste âmbito pelas entidades oficiais a nível mundial, tendo sido eleito como modalidade Paralímpica em 1984, nos jogos de Nova Iorque.
É um desporto indoor, de precisão, em que são arremessadas bolas, seis de couro azuis e seis vermelhas, com o objetivo de as colocar o mais perto possível de uma bola branca chamada de «jack» ou bola alvo. É permitido o uso das mãos, dos pés ou de instrumentos de auxílio para atletas com grande comprometimento nos membros superiores e inferiores. A modalidade pode ser disputada de forma individual, pares ou por equipas e não há limite de idade para a sua prática. É um jogo misto e pode ser jogado por pessoas portadoras ou não de dificuldades físicas ou motoras. Os recursos materiais, assim como as Regras de Boccia, foram adaptados de forma a possibilitar a prática a pessoas que tenham dificuldades motoras.
A Boccia é a modalidade principal para atletas portadores de paralisia cerebral. A habilidade, agilidade e inteligência tornam-se fundamentais no desenvolvimento das jogadas, assistindo-se muitas vezes a um verdadeiro espetáculo de alternância da vantagem, através da aplicação de técnicas e táticas adequadas a cada circunstância. Portugal conta com vários atletas de reconhecido mérito e valor internacional e, fruto disso mesmo, é presença nos tops dos rankings mundiais da modalidade.

publicado às 13:57



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D