Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]






A Câmara Municipal de Lagoa aderiu, numa parceria com a Agência Regional de Energia e Ambiente do Algarve (AREAL), ao projeto piloto que irá permitir - após estudo da realidade do consumo de energia em instalações desportivas municipais e iluminação pública - o incentivo da prática da poupança, através do desenvolvimento de novas tecnologias, pela implementação de pacotes integrados de renovação e a introdução de energias renováveis. Para tal, será criado um instrumento organizacional de apoio à gestão energética municipal, considerando desde já o levantamento dos 143 postos de transformação e 9.338 pontos de iluminação pública.
A autarquia lagoense tem consciência que a redução de custos é um fator demasiadamente importante na gestão da energia, mais premente quando estão em causa dinheiros públicos, daí a adesão ao projeto «Nearly Zero-Energy Sports Facilities». “Acredito que este projeto da AREAL vem ao encontro das nossas preocupações, bem como da população que, por vezes, chama a atenção para o fato da iluminação pública se manter ligada já em pleno dia. Mas isso está a ser tratado e gerido com extremo cuidado, face aos interesses da comunidade e da Autarquia. Quanto mais se poupar no consumo de energia em instalações desportivas e iluminação pública, mais fácil se torna prosseguir o nosso projeto social”, defendeu o edil Francisco Martins.

publicado às 14:12



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D