Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]






A Câmara Municipal de Castro Marim tomou a decisão de isentar as associações culturais locais do concelho do pagamento de taxas municipais na realização de festas de cariz popular, nomeadamente, bailes e convívios musicais. Tal decisão ficou a dever-se à conjuntura económica difícil em que vive o país e às consequentes dificuldades financeiras por que passam os agentes culturais, em especial, as associações locais do concelho, que têm vindo a reduzir substancialmente as atividades de animação musical pela escassez de dinheiro para o cumprimento das obrigações legais, decorrentes do licenciamento dos eventos.
Considerando o trabalho meritório e louvável das associações locais na dinamização cultural e recreativa das várias localidades do concelho com a realização de eventos musicais, que vão desde os bailes populares através do acordeão até a espetáculos de fado, entendeu a Câmara Municipal de Castro Marim dar o seu contributo aos agentes culturais, isentando-os do pagamento destas taxas municipais. A medida permite não só potenciar a política cultural, reforçando os laços de solidariedade na comunidade, mas também afirmar a Escola de Acordeão de Castro Marim, sendo ainda de realçar os aspetos terapêuticos dos bailes para a qualidade de vida dos castro-marinenses.

publicado às 16:39



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D