Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A Casa do Sal, em Castro Marim, foi pequena para acolher todos aqueles que quiseram assistir, no dia 21 de março, a uma tarde de poesia e música no «Chá com Letras», com destaque para a apresentação do livro «Apontamentos da Margem». No Dia Mundial da Poesia, numa saudação à chegada da primavera, o «Chá com Letras» iniciou-se com a música do violinista Paco Barrera e a intervenção da vice-presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, Filomena Sintra que, agradecendo a participação dos poetas do Guadiana e demais convidados no evento, enalteceu a importância da edição do livro «Apontamentos da Margem». “A Casa do Sal procura ser um ponto de encontro de vontades e um lugar onde queremos acrescentar uma pitada de sal à nossa vida no sentido mais poético da palavra", frisou.
O escritor espanhol Diogo Mesa, a quem coube fazer a apresentação desta obra escrita por 23 poetas do Guadiana, mostrou-se surpreendido pela união dos poetas do Guadiana, tendo referido que o livro é uma homenagem à poesia que irá fazer história na literatura do Baixo Guadiana. Ao longo da tarde, ecoou na Casa do Sal a música de Paco Barrera e do Grupo Coral da Universidade do Algarve e as palavras dos poetas através da leitura de poemas do livro «Apontamentos da Margem», em cuja contracapa João Pereira escreveu "Um dia o Guadiana beijou o mar e nunca mais dele se separou". É ainda de salientar o magnífico trabalho de ilustração da capa do livro pelo jovem Nuno Rufino. A terminar o «Chá com Letras» houve ainda tempo para ouvir a música do DJ Perro Andaluz.

publicado às 14:07



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D