Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Este sábado, 21 de março, pelas 21h, o Pólo Museológico Cândido Guerreiro e Condes de Alte, em Alte, recebe a apresentação do livro de poesia «Sentires de Uma Alma», de Imouhar, num ambiente intimista de inspiração para uma Noite de Poesia, Música e Dança. Este livro de poesia editado pela Arandis Editora tem nota de apresentação de Vieira Calado, ilustrações de António Brigas, Beatriz Mourinho, Filomena Gonçalves e Maysi Vásquez Rubio.
Imouhar nasceu e vive no Al-Garbh mas desde muito jovem sentiu o apelo por viajar, conhecer o mundo, contactar culturas diferentes, um dia aconteceu Marrocos, nascendo um amor que o faz voltar todos os anos a este país. O autor define-se da seguinte forma: "Sou filho do vento que corre livre pelas areias do deserto. Escrevo longe das prisões gramaticais. Escrevo todo o sentir que carrego na alma, e na alma vai a liberdade de uma alma perfumada de saudade". É bastante eclético, não se prende a conceitos nem a definições, sendo seu estilo simples onde há uma certa nostalgia associada há alegria de viver.
Em alguns poemas a figura feminina surge envolta numa brisa amorosa e de paixão, outros trazem-nos a condição humana e a busca pelo transcendente. A sua poesia é lírica, fala-nos diretamente, despertando emoções, na medida em que os versos são estímulos que nos provocam estados de alma. A fotografia para Imouhar é mais uma das muitas formas que encontra de guardar a beleza na magia da imagem. A exposição «Fotografias Faladas» acontece na sequência natural da ligação que o autor sente, entre a vida que acontece ao seu redor e a poesia que lhe vai na alma, com quem faz alquimia com os SENTIRES.

publicado às 13:14


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D