Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O Dia de Reis foi a data escolhida para a inauguração do novo troço da Circular Norte – Fase 3.1 de São Brás de Alportel, um presente de ano novo a todos os são-brasenses que torna o sonho de encerrar o anel em torno do principal núcleo urbano do município cada vez mais próximo. Com início pelas 15h, a cerimónia inaugural teve como ponto de encontro a entrada poente, junto à Rotunda do Pavilhão Municipal Dr. José de Sousa Pires, e contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de São Brás de Alportel, Vítor Guerreiro, do Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve, David Santos, do Presidente da AMAL- Comunidade Intermunicipal do Algarve, Jorge Botelho, vereadores da Câmara Municipal, entre outras entidades locais e regionais.
A obra da Circular Norte- Fase 3.1, comparticipada pelo Programa Operacional do Algarve 21, foi adjudicada por 709 mil e 425,26 euros à empresa Eduardo Pinto Viegas, e consiste numa rodovia de meio quilómetro, com duas faixas de rodagem, em cada sentido, separador, passeio e ciclovia, bem como a criação de uma nova rotunda e de todo um conjunto de infraestruturas complementares de drenagem, rega e iluminação pública. Esta nova conquista dá continuidade à circular norte de São Brás de Alportel, permitindo o reforço de conectividade aos outros troços já executados, beneficiando as articulações entre o centro urbano e o território envolvente.
Além da melhoria nas acessibilidades e redução da sinistralidade rodoviária, a execução deste novo troço da Circular Norte possibilita dar continuidade ao circuito da ciclovia, com espaços promotores da prática desportiva, fundamentais para o bem-estar e qualidade de vida dos cidadãos. “As questões ligadas à acessibilidade e mobilidade fazem desde sempre parte das prioridades da autarquia e, apesar das limitações financeiras, São Brás de Alportel, é um município com espírito empreendedor, com capacidade de refletir e superar as adversidades, aproveitando as oportunidades de financiamento e investindo o seu capital de forma rigorosa. Esta obra é exemplo desta gestão rigorosa e ambiciosa que não esquece o passado, mas que tem sempre os olhos postos no futuro de São Brás de Alportel e na qualidade de vida dos são-brasenses e de quem nos visita”, sublinhou o Presidente da Câmara Municipal de São Brás de Alportel, Vitor Guerreiro, assegurando que a conclusão da Circular Norte será em breve um sonho tornado realidade com a finalização da Fase 3.2, que se encontra neste momento em execução.

publicado às 12:05

Lagoa respira desporto

por Daniel Pina, em 07.01.15
A Câmara Municipal de Lagoa, empenhada em promover a atividade desportiva por sua iniciativa ou em parceria com outros agentes desportivos, desenvolve durante os 365 dias do ano um programa que visa acima de tudo manter em atividade jovens e não jovens, tanto no campo da formação como da competição ou, ainda, de manutenção.
Nos últimos dias de 2014 e no início de 2015, a autarquia apoiou o Lagoa Atlético Clube no II Torneio Internacional de Andebol para as categorias infantis e juvenis masculinos e femininos, que integraram 16 equipas de Portugal e Espanha numa competição de quatro dias e que contou com o acompanhamento sempre motivante de atletas internacionais formados no LAC – Soraia Lopes e Gilberto Duarte. No Parchal, o Pavilhão Prof. Manuel Ferraz foi o palco da realização de um Estágio de Badminton com equipas da ACD Che Lagoense e da Andaluzia (Espanha). No Pavilhão da Espamol, em Lagoa, organizado pelo Sporting Clube Lagoense, foi o Futsal a escolha para um Torneio triangular juvenil.
O ano de 2014 foi, assim, fechado com centenas de jovens a praticar desporto nas diversas estruturas da Câmara Municipal, envolvendo técnicos desportivos, logística e, naturalmente, os familiares acompanhantes dos atletas em competição. Logo nos primeiros dias de 2015, a autarquia convidou todos os seus munícipes para a tradicional marcha/corrida num belíssimo dia de sol num dos lugares mais bonitos do Algarve – o Sítio das Fontes – onde 400 marchantes percorreram os 4,5 km ou 9 km, conforme a opção, visitando no seu passeio a Vila de Estômbar.
A autarquia lagoense apoiou igualmente o KCCA no II Troféu Diogo Lopes, de triatlo, prova que incluiu as disciplinas de Natação (Piscina Municipal) corrida (Quinta dos Vales) e canoagem (Rio Arade). Com a participação de 100 atletas, a prova serviu para homenagear o atleta Diogo Lopes, Campeão da Europa e Vice-Campeão do Mundo. As entregas de prémios de algumas atividades decorreram num ambiente de festa com a presença do Presidente da Câmara Municipal, Francisco Martins e do Vereador com o pelouro do desporto, Luís Encarnação, onde ficou claro que a atividade desportiva é uma aposta forte que consta do programa do atual executivo camarário. 

publicado às 11:57

Rita Guerra é a próxima convidada do Lado B

por Daniel Pina, em 07.01.15
Numa coprodução da Câmara Municipal de Silves e da Comissão de Festas da Paróquia de Pêra, Rita Guerra estará no concelho de Silves, nos próximos dias 5 e 6 de fevereiro, onde participará na tertúlia e concertos integrados no formato «Lado B». A Biblioteca Municipal de Silves receberá a compositora e intérprete no dia 5 de fevereiro, pelas 21h, para uma conversa intimista e informal à volta dos livros, filmes e músicas que marcaram a sua vida. No dia 6, pelas 21h30, Rita Guerra apresentar-se-á em trio, acompanhada por músicos de eleição como Gonçalo Santuns na percussão e Pedro Pinto no contrabaixo, num concerto acústico a realizar no recém-inaugurado Centro Paroquial de Pêra. Com base no sucesso do seu último disco «Volta», a cantora revisitará também alguns dos grandes temas que marcaram as três décadas da sua carreira, num renovado e inédito espetáculo intimista.
A vinda de Rita Guerra marca o reinício do «Lado B», lançado pela Biblioteca Municipal de Silves em fevereiro de 2014, e insere-se mais uma vez numa lógica de programação cultural em rede desenvolvida pelo Município de Silves, a qual procura articular/complementar a oferta desenvolvida pelos seus vários equipamentos culturais e também estabelecer pontes da mesma com as freguesias e meio associativo, alargando práticas e dinâmicas a todo o concelho de Silves. A iniciativa conta com os apoios da União de Freguesias de Alcantarilha/Pêra e da Junta de Freguesia de Armação de Pêra. 

publicado às 11:49

A Câmara Municipal de Vila Real de Santo António definiu, para 2015, um orçamento no valor de 37 milhões de euros, onde estão em destaque as áreas da educação, ação social e saúde. Para a educação está contemplado um investimento próximo de meio milhão de euros, enquanto os serviços de ação social serão dotados com uma verba de um milhão de euros. A área da saúde será contemplada com cerca de 100 mil euros, onde se destaca o programa de cuidados de saúde intermunicipal «Cuidar», desenvolvido em parceria com o município de Olhão.
O orçamento para 2015 destina igualmente uma verba de 14 milhões de euros para a adesão voluntária do município ao Fundo de Apoio Municipal. Com esta medida, a autarquia prossegue a sua política de consolidação das finanças municipais, cumprindo os seus compromissos e injetando liquidez na tesouraria. Neste momento, a autarquia vila-realense concluiu também o pagamento de todas as dívidas abrangidas pelo Programa de Apoio à Economia Local (PAEL).
Através deste programa, o município saldou as dívidas vencidas há mais de 90 dias e registadas até 31 de março de 2012, tendo uma parte substancial das verbas recebidas se destinado a liquidar faturas e a injetar liquidez na economia local. Também através do programa de reequilíbrio financeiro, a Câmara Municipal liquidou as obrigações com data de fatura até 31 de dezembro de 2012, estabilizando as contas municipais e aliviando a tesouraria. Estas medidas juntam-se ao Plano de Contenção Financeira da Câmara Municipal de VRSA, em vigor há mais de três anos, que já permitiu uma poupança superior a 10 milhões de euros, resultado da aplicação de uma centena de medidas transversais a todas as divisões e setores da atividade.
Através deste conjunto de ações, está cumprido um dos principais objetivos deste executivo que era regularizar e normalizar a situação económico-financeira da autarquia, respondendo de uma forma eficaz à situação conjuntural de crise que foi, aliás, o fator responsável pela redução das receitas municipais nos últimos cinco anos.

publicado às 18:53

Alcoutim vai ter Universidade Sénior

por Daniel Pina, em 06.01.15
O Município de Alcoutim está a lançar a Universidade Sénior, mais um projeto estruturante e orientado para o desenvolvimento sustentável e equilibrado da sociedade. Desenvolvida em parceria com o Agrupamento de Escolas do Concelho de Alcoutim e a Associação Alcance e com a colaboração da Escola Profissional ALSUD, de Mértola, esta iniciativa socioeducativa e cultural pretende responder aos níveis de envelhecimento da população do concelho.
A Universidade Sénior de Alcoutim tem como objetivos incentivar a cultura, o saber, o convívio e a integração dos mais idosos e destina-se a pessoas com mais de 50 anos com disponibilidade, abertas a novas experiências e interessadas em partilhar conhecimentos, competências e experiências de vida. Irá funcionar em Alcoutim, no Centro de Artes e Ofícios, e em Martim Longo, na Escola Prof. Joaquim Moreira, com um leque de formadores em regime de voluntariado, promovendo atividades em regime não formal e num contexto de formação ao longo da vida.
As aulas arrancam já durante o mês de janeiro e, numa primeira fase, serão lecionadas, no polo de Alcoutim, as disciplinas de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), Inglês, Costura e Moda, Português para a Vida, Teatro, Bem-estar, saúde e segurança; no polo de Martim Longo decorrerão aulas de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), Português para a Vida, Teatro, Artes Decorativas e Bem-estar, saúde e segurança. Está ainda prevista a criação de cursos em várias localidades do concelho, designadamente Artes Decorativas, no Pereiro, Artesanato Local, em Giões, Artes Decorativas, em Vaqueiros, Macramé e Bainhas Abertas, em Barrada, Costura, em Laranjeiras, Bordados, em Santa Justa, Arraiolos, em Balurcos. A inscrição na Universidade Sénior de Alcoutim é gratuita e as aulas têm lugar de segunda a sexta-feira.

publicado às 18:49

Lagos já recolheu 222 Kg de ROLHINHAS

por Daniel Pina, em 06.01.15
Os ROLHINHAS, recipientes próprios para depositar rolhas de cortiça, chegaram a Lagosem setembro de 2010, tendo sido distribuídos desde logo pelos edifícios e equipamentos municipais e, mais tarde, pelas juntas de freguesia e algumas escolas do concelho. Foi nesta altura que o Município se associou à QUERCUS, na promoção desta campanha no concelho, através do Green Cork, um Programa de Reciclagem de Rolhas de Cortiça que tem como objetivo principal a transformação das rolhas usadas noutros produtos.
Os outros objetivos passam pelo contribuir para a redução de resíduos enviados para aterro sanitário; defender a rolha de cortiça como produto plenamente ecológico e contribuir para a plantação de espécies autóctones através do retorno da recolha de rolhas. O projeto permite ainda promover o financiamento do Programa «Floresta Comum», que visa a preservação, plantação e conservação de espécies autóctones e ecossistemas mediterrâneos. Existe igualmente o objetivo paralelo de evitar aumentar as emissões de CO2 já existentes.
No Município de Lagos foram, até ao final de 2014, recolhidos mais de 222 Kgde rolhas de cortiça. Os recipientes estão devidamente identificados e encontram-se facilmente em alguns dos equipamentos municipais - Paços do Concelho Séc. XXI, Biblioteca Municipal, Mercado da Avenida e Mercado de Santo Amaro e Divisão de Ambiente e Serviços Urbanos da Câmara Municipal de Lagos – Chinicato e nas quatro Juntas de Freguesia.


publicado às 18:44

A Chamada para os Jogos de Quelfes começou cedo, às 9h do dia 5 de janeiro, com os alunos da EB1 de Marim a aguardarem a cerimónia de início da estafeta que passaria pelas 14 escolas do concelho de Olhão. Os 33 quilómetros seriam percorridos por vários atletas, autarcas e amigos do desporto numa ação simbólica que visa alertar a comunidade escolar para a importância do olimpismo.
O mentor dos Jogos de Quelfes, Gustavo Marcos, deu o pontapé de saída para esta aventura que se prolongou por todo o dia, depois de ler a mensagem da «Chamada para os Jogos» e de receber dos alunos da escola um ramo de oliveira – símbolo do olimpismo – e a mensagem que percorre e é lida em todas as escolas. Cerca de 15 minutos depois já chegava à Escola EB1 N.º6, acompanhado pela marchadora Ana Cabecinha, entre outros participantes. Seguiu-se a EB1 da Cavalinha e as restantes do concelho de Olhão, sempre com a alegria das crianças a receberem o Kelfi (mascote dos Jogos) e a mensagem do olimpismo com entusiamo.
Na cerimónia de abertura, as boas vindas foram dadas pelo chefe de gabinete do presidente da Câmara Municipal de Olhão, António Camacho, e pelo presidente da Junta de Freguesia de Quelfes, Miguel Dimas, que sublinharam o início de um novo ciclo dos Jogos de Quelfes com a participação de mais concelhos nesta iniciativa. “Este é um projeto educativo por excelência, onde se promovem os valores da amizade e do desportivismo”, realçou ainda o professor António Camacho, antes de se preparar para percorrer parte do percurso da estafeta. Durante a estafeta, a mensagem do chamamento olímpico foi lida em todas as escolas, perante os alunos, professores e funcionários, e os mais pequenos receberam os atletas com cartazes e símbolos alusivos ao olimpismo.

publicado às 18:39

Lagoa terminou 2014 em grande estilo

por Daniel Pina, em 06.01.15
A Câmara Municipal de Lagoa decidiu finalizar o ano de 2014 com o espetáculo «Arade Music Fest», no Centro de Congressos do Arade, uma festa inédita no concelho pautada pela moderação de gastos e cujos resultados foram encorajadores. Assim, cerca de mil e duzentos foliões dançaram toda a noite, até às seis horas da manhã, ao ritmo de quatro DJ´S com caraterísticas e gostos musicais diferentes.
À passagem das zero horas, o fogo-de-artifício pode ser assistido do átrio do Centro de Congressos e, como não poderia deixar de ser, não faltou a tradicional abertura do champanhe para a saudação ao Ano Novo, acompanhada das 12 passas com os desejos para o ano seguinte. No final, o presidente da autarquia, Francisco Martins, agradeceu a todas as entidades envolvidas, nomeadamente aos funcionários do Município destacados para o evento. “Assim vale a pena, pois a quantidade de cidadãos que aderiram à iniciativa é a resposta mais certa à escolha e desafio que assumimos, e para o ano haverá mais”, garantiu o edil lagoense.

publicado às 13:34

Castro Marim aprovou Orçamento para 2015

por Daniel Pina, em 06.01.15
Foi aprovado em Assembleia Municipal, no passado dia 19 de dezembro, e sem votos contra, o Orçamento e as Grandes Opções do Plano do Município de Castro Marim para 2015, apostando num reforço do apoio social às famílias carenciadas e no abastecimento domiciliário de água a toda a população. O Município de Castro Marim dará também prioridade ao projeto de revisão e alteração do PDM (Plano Diretor Municipal). As Grandes Opções do Plano e o Orçamento para 2015 preveem um valor global de 16 milhões, 67 mil e 395 euros, dos quais seis milhões, 83 mil e 777 euros são despesas de capital, que representam 38 por cento do Orçamento.
Apesar dos constrangimentos económicos estabelecidos pelo Orçamento de Estado de 2014, que condicionam em muito o desenvolvimento de projetos sentidos como imprescindíveis para Castro Marim, a autarquia assumiu para este ano algumas obras de grande peso, como o abastecimento de água a todas as povoações, a construção da ciclovia na Estrada Nacional 125-6, a modernização do Mercado Municipal de Altura, a construção da Estrada Municipal Altura-Furnazinhas, a Modernização Administrativa dos Serviços Municipais, entre outras. No âmbito da ação social, saúde e educação, além do reforço do apoio social às famílias, a autarquia de Castro Marim dará continuidade aos programas já existentes, como o «Castro Marim Consigo», os apoios à recuperação de habitações, a Unidade Móvel de Saúde, agora com médico permanente, o Cartão Social, que irá ser alargado ao dobro das famílias, a atribuição de bolsas de estudo, entre muitas outras medidas autárquicas, que fazem deste município um dos 39 distinguidos pelo prémio «Autarquia + Familiarmente Responsável».
Nas áreas da cultura, desporto, recreio e lazer, “impera a criatividade, vontade e solidariedade na gestão daquilo que está à nossa guarda e, em especial, na dinamização dos equipamentos entretanto construídos e reabilitados, desde a Casa de Odeleite, Moinho das Pernadas, Castelo, Revelim de Santo António, Biblioteca e Casa do Sal”, pode ler-se no enquadramento estratégico do novo orçamento, com a garantia de que será mantida toda a programação afirmada ao longo dos anos, com especial enfoque nos Dias Medievais em Castro Marim, “a marca mais internacional de que dispomos e queremos potenciar”

publicado às 11:54

Albufeira em destaque no fim de ano

por Daniel Pina, em 05.01.15
A Câmara Municipal de Albufeira e a APAL – Agência de Promoção de Albufeira – juntaram-se para promover um programa de cinco dias para o réveillon, o São Pedro ajudou e o resultado esteve próximo das expetativas mais otimistas. Estima-se que cerca de 150 mil pessoas tenham passado por Albufeira entre os dias 31 de dezembro e 4 de janeiro e, no dia 31, mais de 50 mil escolheram a Praia dos Pescadores para brindar ao Novo Ano no tão aguardado concerto junto ao mar. A entrada em 2015 foi feita ao som dos D.A.M.A. e de Tiago Bettencourt, que puseram a plateia a dançar com temas bem conhecidos do grande público.
A festa começou logo pela tarde com o Programa Especial de Fim de Ano da TVI, em direto do centro da cidade, num total de seis horas de emissão transmitidas pela estação líder de audiências, que se associou, pela primeira vez, às comemorações do Fim de Ano em Albufeira. O programa, que tem uma audiência estimada superior a um milhão de espetadores, juntou milhares de pessoas no Largo Eng.º Duarte Pacheco. Ao longo do dia, os apresentadores Manuel Luís Goucha e Mónica Jardim deram a conhecer o melhor do concelho fora da época balnear, nas diversas entrevistas e reportagens promovidas a esse propósito.  
A entrada em 2015 ficou marcada pela sessão de fogo-de-artifício que iluminou a Praia dos Pescadores e a Praia da Oura. Depois das 12 badaladas, a Avenida Dr. Francisco Sá Carneiro encheu-se de animação com a Star Parade, um desfile de artistas circenses que encheram as ruas e estabelecimentos comerciais aderentes de malabarismos, acrobacias, números com fogo e muitas surpresas. Mas as celebrações do Novo Ano prolongaram-se até ao passado domingo. Nos primeiros quatro dias de 2015, a freguesia de Paderne recuou no tempo e acolheu mais de 15 mil visitantes, que percorreram as ruas da aldeia do Barrocal algarvio num ambiente único. Quem por lá passou teve a oportunidade de conhecer de perto um mercado medieval onde não faltaram as iguarias gastronómicas, as artes e ofícios de antigamente, exibições e atuações musicais alusivas à época. Os visitantes do primeiro dia do ano puderam ainda assistir ao desfile histórico que retratou a cerimónia da entrega da Carta de doação a Paderne.
Ainda durante os primeiros dias de 2015, Albufeira voltou a acolher o maior Festival de Humor em Portugal, que decorreu no Palácio de Congressos do Algarve, na Herdade dos Salgados. Foram mais de seis mil os espetadores que receberam 2015 a rir, nas quatro noites em que subiram ao palco consagrados artistas como Nilton, Aldo Lima, Serafim, Herman José, Ana Bola, Óscar Branco, Manuel Marques, entre muitos outros, que protagonizaram momentos verdadeiramente hilariantes. A grande afluência de público em todas as sessões veio confirmar que o Solrir é o maior acontecimento do género a nível nacional, reunindo os melhores humoristas da atualidade.
Carlos Silva e Sousa, presidente do Município, salientou que todo este programa gerou um significativo impacto económico no concelho, tendo igualmente gerado um grande retorno mediático. “Estou certo que a grande maioria daqueles que nos visitaram deram por bem empregue o seu investimento”, frisou o autarca. Por sua vez, José Santos, Presidente da APAL, sublinhou que “este programa de Fim de Ano é, cada vez mais, uma marca que importa valorizar porque já faz parte da tradição de Albufeira e a APAL cá estará para apoiar esta e outras iniciativas que representem uma mais-valia para o nosso concelho”.

publicado às 21:21

Estão abertas durante o mês de janeiro as candidaturas ao Programa de Residências de Criação Artística do CECAL – Centro de Experimentação e Criação Artística de Loulé para o ano de 2015. Através desta iniciativa serão realizadas Residências Artísticas nas áreas das artes plásticas, artes performativas, da música, da fotografia, vídeo ou som, numa vertente que poderá ser multidisciplinar e onde serão valorizados os projetos que operem uma reflexão ou que tomem como objeto de trabalho o território plural do Concelho de Loulé e do Algarve. Poderão candidatar-se a estas Residências todos os artistas nestas áreas, sendo que as candidaturas podem ser conjuntas, sujeitas à capacidade dos espaços.
As Residências serão realizadas de duas formas: dois projetos de longa duração durante três meses (de abril a junho e de outubro a dezembro) e quatro projetos de curta duração durante um mês (nos meses de junho, agosto, outubro e dezembro). Os artistas poderão durante este período utilizar os vários espaços e equipamentos que constituem o CECAL: uma câmara escura, duas salas multiusos/ateliers, uma sala estúdio de música, um espaço de exposições e um estúdio de dança. Quando a residência incidir nas artes performativas, será disponibilizado, sempre que possível, também o Cine-Teatro Louletano.
O período de candidaturas decorre durante os meses de janeiro e julho, sendo a avaliação feita em fevereiro e em agosto. A comissão de seleção dos projetos integra elementos de reconhecida experiência e idoneidade, sendo o júri composto por Dália Paulo, chefe de Divisão de Cultura e Património da Câmara Municipal de Loulé, Márcia André e Mirian Tavares, da Universidade do Algarve, e um júri por área de projeto, com duas pessoas da área artística. Em março e em setembro será comunicada a decisão da aceitação das candidaturas. A avaliação dos projetos é feita de acordo com os seguintes parâmetros: mérito do candidato, inovação do plano de trabalhos e em particular, ao modo como este incide sobre a experimentação e a criação na área respetiva e adequação do projeto ao programa.

publicado às 21:09

O Executivo da Câmara Municipal de Lagos decidiu, na última reunião pública de 2014, congelar o valor das rendas a aplicar em 2015 aos fogos do Parque Habitacional Municipal. De acordo com a legislação em vigor, a Comissão Permanente de Avaliação do Património Municipal apresentou, no início de dezembro de 2014, uma informação escrita onde figurava o estudo relativo à atualização dos valores dos fogos municipais sujeitos a arrendamento para efeitos de determinação dos respetivos preços técnicos, expondo dois métodos para determinação do valor técnico a aplicar em 2015.
Sobre a atualização do preço técnico a aplicar aos fogos do Parque Habitacional Municipal, a Vereadora Maria Fernanda Afonso proferiu um despacho decidindo o congelamento, em 2015, do valor das rendas em vigor. De acordo com a vereadora, esta decisão foi tomada com um duplo objetivo: em primeiro lugar, favorecer a estabilidade económica das famílias residentes no P.H.M. face ao contexto de crise económica que se atravessa e, em segundo, criar condições de estabilidade a nível técnico para, ao longo de 2015, concluir quais das propostas apresentadas será a mais adequada na adoção do preço técnico. Foi igualmente decidido manter, este ano, em relação aos pedidos de revisão pontual de renda, a dedução de 20 por cento sobre o valor das rendas apoiadas e fixadas com base no Decreto-Lei 166/93 de 07 de maio. 

publicado às 21:04

A Biblioteca Municipal Sophia de Mello Breyner Andresen, em Loulé, apresenta a iniciativa «Música para Bebés e Crianças», destinada a crianças até aos cinco anos, acompanhadas por um adulto, e apresentada pelo professor de música Ricardo Jorge. Estão agendadas três sessões: 24 de janeiro, 10h30 (crianças dos 3 aos 5 anos); 14 de fevereiro, 10h30 (bebés dos 0 aos 2 anos) e 14 de março (crianças dos 3 aos 5 anos), sendo que cada uma tem uma duração aproximada de 30 a 45 minutos.
Desde a primeira infância a criança encontra-se no seu melhor momento para desenvolver as suas capacidades, sendo a experiência musical, utilizada com conteúdos adequados, um dos métodos mais apropriados para que o bebé adquira um desenvolvimento equilibrado. É necessário o contacto do bebé com um universo de vivências que o estimulem. Observar, imitar, experimentar, constituem estímulos multissensoriais que contribuem para o seu desenvolvimento físico, cognitivo, social e emocional. 

publicado às 20:59

Velhas telefonias em destaque em Alcoutim

por Daniel Pina, em 05.01.15
A Casa dos Condes, Biblioteca Municipal de Alcoutim, recebe, entre os dias 6 e 30 de janeiro, a exposição «Memórias da Telefonia», do colecionador Orlando José. Natural de Lisboa mas a residir na Alcaria dos Javazes, Mértola, Orlando José exerceu a profissão de designer de interiores, mas o colecionismo é desde cedo uma paixão à qual dedica grande parte do seu tempo.
Com um curriculum invejável, Orlando José possui um espólio diversificado de objetivos antigos. Nesta exposição, os rádios são as personagens principais do enredo e prometem matar as saudades aos mais velhos e aguçar a curiosidade dos mais novos. A exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 13h, e das 14h às 16h30, na Casa dos Condes, em Alcoutim. 

publicado às 12:13

O Cine-Teatro Louletano é palco, no dia 8 de janeiro, do Monstrare - 1ª Mostra Internacional de Cinema Social, uma organização da Loulé Film Office. A palavra latina que significa tornar algo visível, ou denunciar, dá o mote para o primeiro evento em Portugal dedicado exclusivamente ao cinema sobre temáticas sociais, sendo igualmente o primeiro evento de cinema na Europa em 2015.
A Mostra conta com uma seleção de curtas-metragens nacionais e internacionais e «Catarina e os Outros», com Victoria Guerra e realização do algarvio André Badalo, será uma das curtas exibidas.

publicado às 12:08

Pág. 5/5



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D