Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]






O maior motor de busca mundial e comparador de preços de hotéis – o Trivago - elegeu Albufeira como o destino preferido dos turistas nacionais. Na categoria destino português mais popular a nível global, Albufeira classificou-se em segundo lugar, ultrapassada apenas pela cidade de Lisboa.
O Trivago analisou algumas tendências que têm contribuído para fortalecer a imagem e reputação do país lá fora. O estudo incluiu a análise dos mercados mais importantes para a hotelaria nacional e os destinos mais populares entre portugueses e estrangeiros. Os turistas internacionais que mais procuram Portugal são os espanhóis, seguidos de britânicos, alemães e franceses. A completar a lista encontram-se os irlandeses, italianos, holandeses, belgas, norte-americanos e suecos.
“Este é mais um dado que merece realce, pela expressão da nossa marca a nível nacional e internacional, e que resulta das condições naturais que aqui encontramos, mas também do empenho dos empresários, dos seus colaboradores, das instituições púbicas e privadas que trabalham numa indústria – o Turismo – que se está a afirmar com um dos grandes motores da recuperação económica”
, destacou Carlos Silva e Sousa. “É preciso que todos olhemos para estes números e que trabalhemos no sentido de consolidarmos o nosso destino, valorizando aquilo que temos de bom e trabalhando para minimizar os pontos menos positivos”, acrescentou o presidente da Câmara Municipal de Albufeira.

publicado às 18:49

Albufeira promoveu jornada pelo emprego

por Daniel Pina, em 24.10.14



O Município de Albufeira realizou a 3ª edição do «AGE – Soluções de Emprego & Empreendedorismo», um evento que contou com a presença do secretário de Estado do Emprego e de diversas entidades públicas e privadas ligadas à área. Octávio Oliveira aproveitou a visita ao concelho para conhecer de perto o Zoomarine e a Santa Casa da Misericórdia, dois exemplos de boas práticas de empregabilidade, empreendedorismo e formação profissional. A encerrar a visita, o governante reuniu com representantes dos principais setores de atividade do tecido empresarial e económico da região.
Paralelamente à exposição que reuniu representantes de diversas entidades regionais na área do emprego, empreendedorismo e financiamento, o AGE contou também com a realização de várias sessões de esclarecimento e workshops integrados na 2ª edição da «Volta de Apoio ao Emprego», um evento organizado pela Representação da Comissão Europeia em Portugal, o Instituto de Emprego e Formação Profissional e a rede de centros Europe Direct, no âmbito das ações de informação que têm vindo a realizar em várias zonas do país. O secretário de Estado do Emprego fez questão de salientar a importância da iniciativa para a promoção do emprego e empreendedorismo, “incentivando os participantes a criar, inovar e abraçar desafios”.
Octávio Oliveira deu uma nota positiva acerca do índice de desemprego na região, assegurando que o Algarve é a região do país que registou uma maior diminuição do desemprego, passando dos 27 mil desempregados em 2012 para os atuais 20 mil. O governante adiantou ainda que nos últimos cinco trimestres houve um crescimento significativo do número de empregados em Portugal na ordem das 160 mil pessoas, facto justificado pela “concretização de reformas e políticas públicas, bem como pelo esforço e empenho dos empresários e entidades empregadoras”.
Acompanhado pelo autarca de Albufeira, presidente da Assembleia Municipal e membros do executivo, o detentor da pasta da Emprego terminou a sua visita ao concelho com uma reunião de trabalho centrada no tema «Algarve: Competir e Gerar Emprego», que decorreu no edifício da Câmara na presença de diversas associações empresariais da região. Em cima da mesa estiveram vários assuntos relacionados com a problemática do emprego no Algarve. Representantes da Associação de Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA), Associação dos Industriais Hoteleiros e Similares do Algarve (AIHSA), Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP), Associação de Comércio e Serviços da Região do Algarve (ACRAL), Algarve Anima, Associação Empresarial da Região do Algarve (NERA), Confederação dos Empresários do Algarve (CEAL) e Agência De Promoção de Albufeira (APAL), manifestaram as suas preocupações e apontaram as dificuldades sentidas pelos principais setores de atividade. “Levo daqui um conjunto de informações importante para as funções que exerço. Espero que algumas destas ideias possam vir a ser desenvolvidas de forma a facilitar a vida de quem cria riqueza para o país”, rematou o governante após ter ouvido as críticas e sugestões dos empresários.

publicado às 18:41

Vila do Bispo deu voz aos munícipes

por Daniel Pina, em 24.10.14


De 15 a 20 de outubro, a população de Vila do Bispo foi convidada a identificar, a debater e a priorizar os projetos/obras para o município, participando deste modo na elaboração do Plano de Atividades e Orçamento para o ano 2015. Para o edil Adelino Soares, o Orçamento Participativo (OP) é um instrumento de gestão pública participada de fundamental importância na estratégia da Câmara Municipal de Vila do Bispo, pois aproxima eleitos e eleitores e promove a participação ativa dos munícipes nos processos de planeamento e gestão municipal. “Trata-se, de uma forma de governação, gestão e planeamento dos territórios, que tem por base a participação ativa dos munícipes”, considera o autarca.
Neste âmbito, o OP de Vila do Bispo tem como principais objetivos envolver os munícipes de forma informada e responsável no processo governativo local e assim garantir a sua participação nas principais decisões sobre os investimentos camarários. Desta forma garante-se que os dinheiros públicos a investir, no próximo ano, correspondem às verdadeiras e naturais aspirações da população. Assim sendo, para a freguesia de Vila do Bispo e Raposeira está previsto a recuperação do edifício dos Celeiros, a elaboração do projeto de reabilitação da Praça da República e ainda construção do loteamento municipal do Castelejo com a criação de cerca de 24 lotes e respetivos arruamentos na sede do concelho. Na aldeia da Pedralva será construído um sistema próprio de abastecimento de água e na Raposeira proceder-se-á à recuperação e adaptação da Escola Primária num núcleo museológico, estando ainda previsto, a beneficiação do respetivo espaço exterior. Na localidade das Hortas do Tabual será construído um novo reservatório de água.
Quanto à freguesia de Barão de São Miguel intervir-se-á na Ribeira daquela localidade e proceder-se-á à construção da rede de saneamento e de abastecimento de água no loteamento Rui Vaz, bem como, à pavimentação do respetivo espaço. Também na freguesia de Sagres estão previstas várias intervenções, nomeadamente no Mercado Municipal e a construção e ampliação da sede do Clube Recreativo de Sagres. A execução do projeto da requalificação do Centro de Sagres é outra das ações a incluir no Plano de Atividades e Orçamento para 2015. A requalificação das ruas Areias de Cima, da Residência e 25 de Abril, bem como, a envolvente da Praça da República são as ações previstas para a freguesia de Budens.

publicado às 18:11

Monchique organiza jornada micológica

por Daniel Pina, em 24.10.14


A Câmara Municipal de Monchique organiza, no dia 9 de novembro, a 4ª Jornada Micológica, uma proposta que junta cogumelos, percursos pedestres, workshop e um almoço com sabores de outono. Tendo como cenário a Serra de Monchique e as suas cores vibrantes, os participantes partem à descoberta do mundo dos cogumelos silvestres, para recolha e identificação das diversas espécies.
O programa engloba a saída, em percurso pedestre, com ponto de encontro marcado para as 9h, no Heliporto e, por volta das 13h, está marcado o almoço no Restaurante «Jardim das Oliveiras». O destaque vai para os sabores de outono onde, ao ingrediente rei, o cogumelo, é juntado a castanha e o porco, numa proposta de menu irresistível. Após o almoço, será feita uma apresentação e explicação sobre as diversas espécies de cogumelos encontradas.

publicado às 18:04



O maior evento científico que reúne anualmente a Comunidade Ortopédica Portuguesa decorre, de 23 a 25 de outubro, no Centro de Congressos do Algarve, na Herdade dos Salgados, em Albufeira. O 34.º Congresso Nacional de Ortopedia e Traumatologia é uma organização da Sociedade Portuguesa de Ortopedia e Traumatologia (SPOT) e conta com a participação da British Orthopaedic Association, que organiza um Workshop para jovens investigadores, um curso de revisão de artigos científicos e um «Instructional Course» pela British Association for Surgery of the Knee (Associação Britânica para a Cirurgia do Joelho). Vai também contar com a participação do Prof. Stuart Weinstein - com enorme prestígio na área da coluna e ortopedia infantil - que vem falar sobre as tendências presentes e futuras da saúde nos EUA.
A sessão de abertura contou com a presença de João Moura Reis (ARS Algarve), Jorge Mineiro (presidente da SPOT), Leonor Cancela (UALg), Paulo Felicíssimo (secretário geral da SPOT) e Carlos Silva e Sousa (presidente da CMA), que aproveitou a oportunidade para agradecer à SPOT por ter escolhido a cidade para organizar o Congresso. “Considero fundamental ouvir falar sobre a experiência de diferentes áreas do conhecimento e diferentes profissões, e é por isso também que este Congresso é muito importante”, frisou Carlos Silva e Sousa, antes de convidar oradores e participantes a regressar a Albufeira em trabalho ou em lazer. “Temos excelentes condições climatéricas, praias lindíssimas e de grande qualidade ambiental, uma gastronomia ímpar, magníficos hotéis, a simpatia das nossas gentes e a tradição de bem receber”, justificou.

publicado às 17:58



Em Tavira, o estacionamento tarifado encontra-se temporariamente suspenso em todas as zonas desde o dia 24 de outubro. Recorde-se que, desde 2000, esta atividade era explorada por uma empresa concessionária mas, devido a incumprimento da mesma, a autarquia avançou com a rescisão do contrato.
Os serviços municipais encontram-se, nesta fase, a diligenciar a abertura de um novo concurso público para a concessão do fornecimento, instalação e exploração de parquímetros nas zonas de estacionamento tarifado e, até à celebração do novo contrato, o serviço estará suspenso.

publicado às 17:50

Concerto Duo Pró Arte no Música nas Igrejas

por Daniel Pina, em 24.10.14


No âmbito do projeto «Música nas Igrejas» realiza-se, no dia 25 de outubro, pelas 18 horas, na Igreja da Misericórdia, um concerto do Duo Pró Arte, por Luís Conceição no piano e Jan Pipal no violino.
Luís Conceição nasceu em 1974 e iniciou os estudos musicais com cinco anos, no Conservatório Regional do Algarve, tendo concluído o Curso Geral de Piano. Licenciou-se em Ciências Musicais, na Universidade Nova de Lisboa e, em Piano, na Universidade de Évora. Trabalhou como pianista acompanhador, professor de piano e de história da música em diversos conservatórios nacionais. Atualmente, é professor na Academia de Música de Tavira, onde exerce também as funções de Diretor Pedagógico.
Enquanto pianista e compositor já se apresentou em inúmeras salas nacionais e internacionais, quer a solo, quer integrado em formações de câmara, coros e orquestras. Como compositor tem já 200 obras, desde 1993, gravadas em cd’s de edição de autor. A sua linguagem é, essencialmente, de fusão, apresentando afinidades com a música étnica, erudita e jazz.
Jan Pipal é natural da República Checa, onde completou o Conservatório de Música de Praga. Mais tarde, entrou na Escola Superior de Música e das Artes do Espetáculo. Participou em vários cursos de aperfeiçoamento musical em violino e colaborou com várias orquestras e agrupamentos musicais. Em 2002 ingressou na Orquestra do Algarve, no naipe dos 1.ºs violinos sob a direção do maestro Álvaro Cassuto, onde é, atualmente, músico residente. Já lecionou em vários conservatórios e escolas de música, sendo, atualmente docente no Conservatório Regional do Algarve Maria Campina.
O programa «Música nas Igrejas» é uma iniciativa da Academia de Música de Tavira, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Tavira, da Direção Regional de Cultura do Algarve, do Centro Ciência Viva de Tavira e da Rádio Gilão e visa promover o gosto pela música.

publicado às 17:42



No dia 26 de outubro, o Ciclo de Passeios Natureza de São Brás de Alportel convida a um despertar diferente, «Ao Cantar do Galo», para descobrir o encanto do mundo rural. Com ponto de encontro no Terminal Rodoviário, pelas 9h, o passeio temático inspira-se no Ano Internacional da Agricultura Familiar, assinalado em 2014, por instituição da Organização das Nações Unidas, que pretende lançar medidas e estruturas de trabalho em prol das novas realidades de competitividade e de sustentabilidade dos recursos agrícolas, a uma dimensão local.
Na era da globalização, assistimos ao surgimento, ainda que a uma pequena escala, de novos diálogos com o mundo rural, com a terra e com os princípios de defesa da natureza. São os movimentos de novos agricultores, as hortas comunitárias que germinam nas vilas e cidades, e toda uma nova agricultura que quer preservar a qualidade em detrimento da quantidade e se apresenta como guardiã da terra. É neste terreno fértil de valores, a comemorar este ano especialmente dedicado à agricultura praticada no seio das famílias, que o Ciclo de Passeios Natureza convida a um passeio pelos campos do Barrocal para aprender o que é uma porta que se abre quando se rega, como cresce uma tomateira ou como se preserva uma semente.

publicado às 12:04

Castro Marim promove 1ª Festa da Safra do Sal

por Daniel Pina, em 24.10.14


Com o objetivo de promover e valorizar o Sal de Castro Marim, a Câmara Municipal de Castro Marim organiza, no dia 31 de outubro, pelas 18h, na Casa do Sal, o I Convívio da Safra do Sal. No mesmo dia será também inaugurada a exposição fotográfica coletiva «Histórias de Sal», dinamizada pela Associação ¼ Escuro, com a colaboração do Taller de Fotografia de Lepe (Espanha), do Clube de Fotografia de Guérande e do Clube de Fotógrafos de La Baule (França). Serão, no seu conjunto, 45 autores, numa exposição em que coexiste uma enorme diversidade de olhares e de linguagens, tantas quantas as «Histórias de Sal».
O convívio pretende juntar trabalhadores, empresários e entidades ligados à atividade salineira, tão importante para a economia local. Castro Marim é, atualmente, o núcleo mais representativo da salicultura tradicional, não só por ser uma unidade geográfica bem definida, mas também porque aqui persiste a maior comunidade de salinicultores artesanais.
Figura tradicional do concelho de Castro Marim, o salineiro é figura do passado mas também do presente e do futuro. Parte da história e da identidade cultural do concelho, é pela profissão de salineiro que passa também o desenvolvimento económico de Castro Marim, assente na valorização e exploração dos recursos naturais. “A ideia deste convívio passa também por promover e dignificar a profissão de salineiro, pilar fundamental no crescimento da produção do Sal de Castro Marim. Já conquistamos o mercado de outros países, o Sal de Castro Marim já é um produto reconhecido e com mérito fora de Portugal também, mas precisamos de trabalhar no sentido de reativar a atividade na sua globalidade para aumentarmos os níveis de exportação”, referiu a vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Castro Marim, Filomena Sintra. “Queremos também reforçar o papel da Casa do Sal, como ponto de informação, promoção e valorização da atividade salineira tradicional”, finalizou a vereadora.

publicado às 11:59



Vão ser retomados, no dia 6 de novembro, os treinos promovidos pelo Centro de Formação de Andebol de Portimão, às terças e quintas-feiras, no pavilhão desportivo da Escola EB 2,3 Júdice Fialho, entre as 18h45 e as 19h35, sendo dirigidos aos escalões etários minis (8 e 9 anos) e infantis (10 a 12 anos), em ambos os sexos.
Criado em 2013 através de um protocolo de cooperação entre o Município de Portimão e a AAA - Associação de Andebol do Algarve, o Centro irá assinalar o início do seu segundo ano de existência com um conjunto de iniciativas de sensibilização para o andebol, marcadas para 27, 28, 29 e 31 de outubro e 4 de novembro. Participarão nesta atividade todos os alunos do 3.º e 4.º anos das escolas EB 1 da Pedra-Mourinha e EB 1 de Chão das Donas, num total de 270 alunos, sendo esta ação promovida em colaboração com o Agrupamento de Escolas Júdice Fialho.

publicado às 11:55



Nos próximos dias 30, 31 de outubro e 1 de novembro, Lagos vai acolher o XV Encontro Nacional dos Municípios com Centro Histórico. Do programa destacam-se temas como conceitos e critérios de reabilitação e salvaguarda, vida moderna na cidade antiga, financiamento da reabilitação urbana, reabilitação e sustentabilidade e risco sísmico em centros históricos.
De acordo com a organização, a cargo da Associação Portuguesa de Municípios com Centro Histórico, este encontro tem como principal objetivo refletir sobre os problemas da reabilitação urbana, da salvaguarda do património e do risco sísmico em centros históricos. Será igualmente dado particular destaque às questões que se prendem com o financiamento da reabilitação e com a necessidade de perspetivar uma gestão sustentada do património.
Durante o XV Encontro Nacional de Municípios com Centro Histórico, responsáveis políticos, técnicos e especialistas em diferentes áreas vão partilhar informação, conhecimento e experiências, e debater políticas, estratégias e soluções técnicas e financeiras. Para além das sessões de trabalho, que decorrem no Centro Cultural de Lagos, o programa integra também visitas de estudo, exposições, mostra e venda de publicações, bem como a abertura oficial do período para apresentação das candidaturas ao Prémio Nacional de Arquitetura «Alexandre Herculano» (PNAAH, edição de 2014/2015).

publicado às 11:51



O Município de Olhão aprovou, na reunião de câmara do passado dia 22 de outubro, a redução dos juros de mora das rendas em atraso por parte dos beneficiários de habitação social do concelho, passando a ser cobrados juros de 5,5 por cento em vez dos anteriores 15 por cento. A dívida vencida foi perdoada e agora quem usufrui deste benefício deve cumprir as regras. Depois de a Câmara ter declarado a caducidade do valor da dívida vencida (cerca de 150 mil euros) deixando, portanto, de cobrar a mesma, também decidiu que a dívida não vencida teria juros de mora mais baixos para todos e não apenas para os novos contratos.
Esta alteração está incluída no novo Regulamento de Atribuição e Gestão das Habitações Sociais e está de acordo com os juros de mora aplicados para as dívidas ao Estado e outras entidades públicas. A justiça social que se pretende imprimir com esta medida prevê que as rendas sejam pagas em função dos rendimentos e do respetivo agregado familiar. Nesse sentido, a Autarquia vai diligenciar no sentido de dialogar com os inquilinos que têm dívidas de modo a que possam pagar segundo as suas possibilidades.
Refira-se que uma parte da dívida de longo prazo da Câmara de Olhão (cerca de seis milhões de euros) está relacionada com a construção de habitação social no concelho, havendo atualmente 720 habitações sociais. Para que haja cada vez maior rigor está a Autarquia, neste momento, a envidar esforços no sentido de responsabilizar os cidadãos que usufruem deste benefício que é propriedade do Município e um custo para todos os olhanenses. “É essa a equidade social que se pretende para todos os cidadãos deste concelho”, refere o presidente da Câmara António Miguel Pina.

publicado às 11:46



Cerca de 750 crianças do ensino pré-escolar participam no ano letivo 2014/2015 em mais uma edição do projeto «Aprender a Nadar», que se realiza há mais de duas décadas no município de Portimão com o objetivo de fomentar o gosto pela prática desportiva e a atividade física, nomeadamente em ambiente aquático. O projeto é dirigido a todos os Agrupamentos de Escolas do concelho e funciona nas três piscinas municipais existentes nas freguesias de Alvor, Mexilhoeira Grande e Portimão, proporcionando de forma gratuita a aquisição de hábitos e comportamentos de estilos de vida saudáveis.
Também pretende contribuir para o desenvolvimento global das crianças, valorizando a motricidade como fator de estímulo das suas capacidades, construção e aperfeiçoamento de aptidões e aprendizagens, ao mesmo tempo que estimula o seu desenvolvimento físico, psicológico e social. Os pequenos participantes entre os quatro e os cinco anos de idade têm assim a oportunidade de se adaptarem ao meio aquático, beneficiando de aprendizagens básicas que lhes permitem uma prática com prazer e confiança.

publicado às 11:38



Albufeira acolhe, no dia 26 de outubro, a partir das 13h30, o Torneio de Futevólei «Rei da Praia» 2014, um dos mais tradicionais torneios da modalidade designada por muitos como «a arte dos pés à cabeça». O local escolhido foi a Praia dos Pescadores, um cenário paradisíaco onde têm decorrido os melhores e maiores momentos do Futevólei nacional e internacional.
Como vem sendo hábito e tradição, esta é uma aposta da Federação Nacional de Futevólei, que através de ações desta natureza procura dar resposta à contínua promoção e desenvolvimento da modalidade, proporcionando mais uma oportunidade a todos os seus atletas e ao grande público em geral para assistir a um espetáculo desportivo em puro ambiente de convívio. Depois do enorme sucesso que foi a 9ª edição da principal prova nacional da modalidade – o Campeonato Nacional – que mais uma vez percorreu o país de norte a sul, o Torneio «Rei da Praia» assinala o desfecho oficial da temporada deste ano, que vai contar com a presença de algumas das principais figuras locais e nacionais da modalidade, com maior predominância para os atletas da região algarvia.

publicado às 11:33



A Câmara Municipal de Alcoutim vai investir 100 mil euros na execução dos dois projetos mais votados no âmbito do Orçamento Participativo de Alcoutim (OPA). A fase de votação das 26 propostas admitidas decorreu de 29 de setembro a 10 de outubro e envolveu mais de 10 por cento dos eleitores.
As duas propostas mais votadas, que cumulativamente não ultrapassaram o valor estipulado para o primeiro orçamento participativo do concelho, localizam-se nas freguesias de Vaqueiros e Alcoutim e têm estimativa orçamental de 50 mil euros cada. A primeira obteve um total de 59 votos e visa restaurar o antigo poço público da entrada norte de Vaqueiros e zona envolvente, assim como a construção de um parque de merendas no lavadouro existente, um caminho pedonal e alguns muros em xisto. A outra proposta vencedora, conquistando 40 apoiantes, visa a requalificação da Avenida de Espanha, em Alcoutim.
Para o presidente da autarquia, Osvaldo dos Santos Gonçalves, o OPA foi uma aposta ganha, com cerca de três centenas de munícipes a opinarem em relação aos investimentos no concelho. “Os objetivos a que nos propusemos foi basicamente contribuir para uma maior aproximação entre as políticas públicas e os cidadãos e potenciar o exercício da cidadania participada, ativa e responsável, com vista à melhoria da qualidade de vida no concelho, e considero que os mesmos foram amplamente atingidos”, sublinha o presidente da autarquia.

publicado às 11:27

Lagos lembrou centenário da Grande Guerra

por Daniel Pina, em 22.10.14


O programa que a Câmara Municipal de Lagos e o Núcleo de Lagos da Liga dos Combatentes prepararam para assinalar o Centenário da I Guerra Mundial arrancou no dia 19 de outubro, numa cerimónia militar que decorreu junto ao Monumento aos Mortos da Grande Guerra, na Praça Luís de Camões. A edil Maria Joaquina Matos presidiu à cerimónia que, para além do restante executivo municipal, contou com a presença de forças militares, membros da Liga dos Combatentes e vários convidados.
A iniciativa teve início com a deposição de uma coroa de flores e homenagem aos Mortos caídos em defesa da Pátria, mas foi antecedida por vários momentos culturais conduzidos pelo grupo Nova Filarmonia da Academia de Música de Lagos e por Silménia Magalhães do Teatro Experimental de Lagos, que declamou um texto alusivo a este episódio da história mundial. Depois de terem sido prestadas as honras militares e de um capelão ter proferido uma invocação religiosa, recordando todos os militares de Portugal que perderam a vida durante esta Guerra, tomou a palavra o Presidente da Liga dos Combatentes – Núcleo de Lagos, Viegas Gonçalves: “É em nome de todos os que tombaram nesta guerra sangrenta que aqui estamos hoje”, frisou, deixando de seguida bem claro que “nunca será demais relembrar o nosso Governo a importância dos militares para Portugal”. Frisando o facto de “terem sido todos estes combatentes que mudaram o nosso futuro comum como país”, Viegas Gonçalves defendeu convictamente que “honrá-los hoje, e sempre, é o mínimo que podemos fazer”.
No seu discurso, Maria Joaquina Matos explicou que esta evocação insere-se na programação que o Núcleo de Lagos da Liga dos Combatentes e a Câmara Municipal organizaram e que recorda os anos negros de 1914 a 1918 com um conjunto de atividades, “para que a memória do sofrimento e dos horrores desses tempos não se perca e que a Paz seja valorizada e defendida como o maior bem dos Povos”. Lembrando que na Batalha de La Lys, uma das mais sangrentas desta guerra, "cerca de sete mil soldados portugueses, mal equipados e mal preparados, filhos de um povo simples e carregando uma enorme inexperiência militar perderam a vida”, a autarca prestou a sua homenagem lendo o poema de Fernando Pessoa «O Menino de Sua Mãe». A cerimónia terminou com o descerramento de uma Placa Evocativa do Centenário da Grande Guerra, pela presidente da autarquia, acompanhada pelo presidente da Liga dos Combatentes – Núcleo de Lagos.

publicado às 12:06

Emergência na ferrovia debatida em Portimão

por Daniel Pina, em 22.10.14


No âmbito do plano de atividades do Serviço Municipal de Proteção Civil de Portimão, terá lugar, no dia 31 de outubro, um seminário técnico subordinado ao tema «Organização, Gestão e Resposta à Emergência na Ferrovia», que decorrerá a partir das 14h30 nas instalações do Corpo de Bombeiros de Portimão, numa parceria com o Núcleo de Emergência da Direção de Segurança da Rede Ferroviária Nacional (REFER) e da Comboios de Portugal (CP). Na ocasião, serão abordados os seguintes conteúdos: «Organização e gestão da emergência» (REFER); «Organização e resposta à emergência» (CP); «Riscos associados à circulação ferroviária» (REFER); e «Apontamentos técnicos sobre o material circulante» (CP).
Esta iniciativa tem como objetivo a preparação dos operacionais dos diversos agentes de proteção civil e entidades cooperantes para a intervenção num cenário de acidente/incidente envolvendo a infraestrutura ferroviária. Pretende ainda dar a conhecer os perigos a todos quantos convivem com este risco na sua atividade diária, pelo que também se destina às juntas de freguesia e diversas unidades orgânicas da Câmara Municipal de Portimão, sendo as temáticas abordadas por técnicos da REFER e da CP.

publicado às 11:57



Tendo em vista a promoção do segmento turístico «gastronomia e vinhos», a Câmara Municipal de Silves irá apoiar o programa turístico «Apanha de Medronho na Serra de Silves», promovido pela Rota de Vinhos do Algarve em parceria com a Talurdinha – Aguardentes e Licores, durante os meses de outubro e novembro. A colaboração é traduzida em apoio logístico, tendo sempre em vista a salvaguarda e valorização dos produtos tradicionais e o desenvolvimento do seu potencial enquanto recurso turístico.
Esta atividade é dirigida a visitantes nacionais e estrangeiros e apresenta dois programas distintos: um contemplando a apanha de medronho e a degustação de aguardentes e vinhos do Algarve e de produtos regionais (como o sumo de laranja de Silves, o pão, enchidos, queijo e mel regionais e os doces tradicionais de frutos secos) e a visita à Quinta Pedagógica de Silves (com confeção de pão), e outro com uma visita à destilaria e a degustação de produtos regionais. Relembre-se que a aguardente de medronho faz parte da identidade cultural e gastronómica do Algarve e representa uma tradição secular. No caso presente da destilaria «Talurdinha», localizada na Serra de Silves, o processo é artesanal, mantendo-se os conhecimentos e técnicas ancestrais, pelo que é proposto aos visitantes uma experiência única, autêntica e interativa com as gentes e a cultura locais em que é dado a conhecer aos participantes a apanha do medronho e todo o processo produtivo, desde a fermentação à destilação da aguardente.

publicado às 11:53



A prova transfronteiriça X Milhas do Guadiana volta a unir as cidades de Ayamonte (Espanha) e Vila Real de Santo António, num fantástico percurso de 18 quilómetros que inclui a travessia da Ponte Internacional sobre o rio Guadiana. A 23ª edição da corrida tem como ponto de partida o Estádio Blas Infante, (Ayamonte), às 10h45 (hora de Portugal), inclui uma extensão à vila de Castro Marim e tem como meta o Estádio Municipal de VRSA.
O facto de esta competição atravessar, no seu percurso, uma ponte que une dois países confere-lhe um carácter internacional, único na modalidade, sendo esperada a presença de cerca de um milhar de participantes. Além da sua vertente desportiva, a prova está integrada no calendário de eventos da «Eurocidade do Guadiana», que tem como objetivo a promoção desportiva, turística e cultural das localidades transfronteiriças de VRSA, Castro Marim e Ayamonte.
As «X Milhas do Guadiana» são organizadas pela Comissão Mista Desportiva de Vila Real de Santo António, Castro Marim e Ayamonte, constituída pelas Câmaras Municipais de VRSA, Castro Marim e Ayamonte, pelo Patronato Municipal de Desporto de Ayamonte, pelo Grupo Desportivo Pic-Nic e pelo Clube de Atletismo de Ayamonte. Podem participar atletas com idade superior a 19 anos, inscritos individual ou coletivamente, federados ou não, que serão integrados numa das 10 categorias disponíveis.

publicado às 18:56



A Câmara Municipal de Loulé, com o apoio da Paróquia de S. Clemente e dos Escuteiros de Loulé, realiza a «Marcha/Corrida de Orientação das Ermidas de Loulé» no próximo domingo, 26 de outubro, pelas 9h30, com partida junto à Cerca do Convento, com o objetivo de unir e reconhecer o circuito das Ermidas de Loulé, mas também com uma componente solidária. Serão realizados dois percursos, um com uma distância inferior e mais citadino (9Km) e outro mais longo o qual contempla uma ermida mais distante e já fora do centro da cidade (14Km).
As Ermidas da Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora da Piedade, Santana, Santa Luzia, Nossa Senhora das Portas do Céu, Santa Catarina dos Quartos (percurso de 14km) e Nossa Senhora do Pilar são os locais de passagem nesta Marcha/Corrida. Todos os participantes terão acesso a um mapa no qual consta a localização de cada ermida e qual o trajeto que devem efetuar para atingir o objetivo. Os participantes devem entrar em cada ermida e adquirir uma ficha na qual consta uma breve descrição histórica e cultural relativa a cada local.
Pretende-se desta forma mostrar aos participantes a riqueza histórica e patrimonial destes edifícios, assim como a sua envolvente geográfica e ambiental, ao mesmo tempo que se alerta para a sua riqueza e para a compreensão da sua localização ao redor da antiga vila de Loulé, demarcando percursos do quotidiano dos viajantes e restante população. Por outro lado, pretende-se promover junto da população a adoção de um estilo de vida ativo, associado aos diversos benefícios para a saúde através da prática regular de atividade física. Este será também uma Marcha Corrida Solidária uma vez que os participantes terão a oportunidade de contribuir com um donativo/bens essenciais para crianças desfavorecidas do Centro de Acolhimento Temporário «Os Miúdos».

publicado às 18:50



A sala polivalente da Alcaidaria do Castelo de Loulé recebe, no dia 25 de outubro, pelas 16h30, o evento «Ouvir as Vozes do Património», inserido no Programa de Dinamização e Valorização dos Monumentos do Algarve, e que pretende fazer uma ligação ao património cultural através da música. O espetáculo é apresentado pelo Grupo Coral da Universidade do Algarve, sob a direção artística da Maestrina Ivelina Kavrakova-Pereira e acompanhamento ao piano pela Professora Raquel Correia. 
O Grupo Coral, que conta com cerca de 20 coralistas, exibirá o seguinte repertório: Os Pescadores – Cónego Pe. José Pedro Martins; medley, arranjo e encenação de Ivelina Kavrakova-Pereira, declamado por Nádia Gonçalves; Senhora do Almurtão – tradicional portuguesa; Balada de Outono – Zeca Afonso, adaptação Ivelina Kavrakova-Pereira; Barqueira – Pedro Escobar: Meus olhos van per lo mar, Ano. Séc. XV; medley Ivelina Kavrakova-Pereira; El Condor – tradicional peruana, arranjo de Ivelina Kavrakova-Pereira; Panis Angelicus – Cesar Franck; O Sanctíssima – Beethoven; Ave Maria – Monteverdi; Kyrie, da Missa G-dur – F. Schubert; 1421 – Vangelis (Banda sonora do filme «Conquista do Paraíso»): medley arranjo de Ivelina Kavrakova-Pereira, declamado por Tânia Martins; Aleluia (Cânon) – Mozart; Alphabet – Mozart; Coro dos Ninfas e Pastores, Acto 1.º Orfeo ed Euridice – Gluck; Zigeunerieben – Schumann; Down by the Riverside – espiritual negro; Hallelujah – Leonard Cohen; Rock my soul – espiritual negro, medley; Wiegenlied – Brahms.
O Grupo Coral da Universidade do Algarve foi criado dia 12 de outubro de 2012, com o objetivo de promover a música coral dentro e fora da academia. Sob a orientação artística e a direção da Maestrina Ivelina Kavrakova-Pereira, tem desenvolvido uma atividade regular com apresentações públicas, desde pequenas intervenções a concertos exclusivos ou em colaboração com outros grupos corais, a convite de diversas entidades, em cerimónias oficiais, jantares de encerramento de conferências e espetáculos de beneficência.

publicado às 18:45



O Benfica conquistou a 30ª edição da Supertaça de Basquetebol ao derrotar, em Albufeira, o Galitos, por 82-63. Foi o 12.º título das águias neste troféu, o terceiro consecutivo. Refira-se que esta é a quarta vez que se disputa a Supertaça em Albufeira (as anteriores decorreram em 2009, 2010 e 2013), três das quais o Benfica sagrou-se vencedor, respetivamente contra o Ovarense, o FC Porto e, agora, o Galitos.
Os encarnados entraram bem na partida e rapidamente chegaram aos 5-0. Porém, o Galitos reagiu e passou para a frente do marcador. Antes do intervalo, as águias não só anularam a desvantagem, como chegaram aos 10 pontos de avanço. Na segunda parte, o Benfica manteve um ritmo forte e à entrada para o último período já tinha o jogo resolvido (64-43). O Benfica, que ao intervalo já vencia por 39-29, não sentiu problemas para aumentar a vantagem, tendo terminado com 21 pontos de vantagem.
Os destaques individuais vão para os portugueses Diogo Carreira e Carlos Ferreirinho, o primeiro a pontuar e a fazer circular a bola com propriedade pelos companheiros, o segundo a acertar três tiros triplos. Diogo Carreira foi o MVP do encontro, com a particularidade dos seus 23 pontos terem sido conseguidos sem desaproveitar um único lançamento (4/4 de dois pontos, 3/3 em triplo e 6/6 em lances-livres. Destaque ainda para a presença em campo do albufeirense Tomás Barroso, uma das jovens promessas do basquetebol português, que este domingo ajudou o Benfica a levar a Taça para casa.

publicado às 11:45



O «Vaso de Tavira», ex-libris da coleção do Museu Municipal de Tavira, normalmente em exposição no Núcleo Islâmico, foi cedido por empréstimo ao Museu do Louvre, em França, para integrar a exposição temporária «Le Maroc Medieval – Un Empire de l’Afrique à l’Espagne», que estará patente, até 19 de janeiro de 2015, no hall Napoléon. A exposição, organizada pelo Museu do Louvre e pela Fundação Nacional dos Museus de Marrocos, integra um conjunto diversificado de objetos, de várias procedências, nomeadamente, de Portugal.
O «Vaso de Tavira» é um dos objetos mais emblemáticos do período islâmico no nosso país, datado dos finais do século XI ou inícios do século XII d.C. Apresenta pintura realizada a branco e, no bordo superior, um conjunto de figuras humanas (cavaleiro, besteiro, músico e uma mulher) e de animais (pombas, tartaruga, cavalos, camelo, caprino, bovino e ovídeo). A presença desta peça no Museu do Louvre constitui um importante meio de divulgação do património histórico-arqueológico do país e da cidade, bem como do trabalho que tem vindo a ser promovido por diversos investigadores e pelo Município de Tavira, nos últimos anos.

publicado às 11:29



O Cine-Teatro Louletano viveu um momento de especial importância para a cidadania no Concelho de Loulé, no dia 17 de outubro, com a realização da cerimónia onde foram anunciados os 11 projetos vencedores do Orçamento Participativo - Loulé 2014, o ponto alto deste projeto que arrancou em maio deste ano. Das 130 propostas iniciais que emanaram das 11 sessões presenciais realizadas nas freguesias, foram submetidos a votação 33 projetos que obtiveram 7448 mil participações, entre votos eletrónicos e votos presenciais, numa clara manifestação de envolvimento da população neste projeto pioneiro no Algarve e um dos mais importantes do país, nomeadamente pelo número de adesão no ano de implementação.
Assim, na freguesia de Querença, com 48 votos, a proposta vencedora foi a limpeza e manutenção de levadas  para fins turísticos e agrícolas (Levada da Benémola e Levada das Mercês). A limpeza e reparação do antigo caminho do Poço da Prensa foi o projeto mais votado na Tôr, com um total de 114 votos. Em Benafim, a maioria dos votantes (75) elegeu como obra a realizar a requalificação do terreno da Câmara Municipal de Loulé de modo a possibilitar a criação de um parque de caravanas e que o mesmo fique habilitado à realização de atividades culturais, desportivas, feiras e mercados com instalações sanitárias, iluminação, portões e arruamento. Também no interior, na freguesia de Alte, o projeto vencedor foi a colocação de telhado e portas na Capela de Santa Margarida (391 votos).
Em Quarteira, a proposta anunciada como vencedora foi a repavimentação da sala polivalente do Centro de Apoio à Criança de Quarteira e reparação/substituição dos caixilhos de madeira e serralharias (897 votos). A criação de um espaço de uso coletivo no centro de Vale Judeu com requalificação do espaço da malha, espaço verde de recreio e zona de estacionamento obteve 587 votos, tornando-se o projeto vencedor da freguesia de S. Sebastião. Em Almancil, a requalificação da entrada nascente de Almancil entre o nó de São Lourenço e Av. Duarte Pacheco: bermas, iluminação, espaços verdes, sinalética e colocação de monumento de um artista de Almancil mereceu o voto da esmagadora maioria (432 votos). A requalificação do polidesportivo da Cortelha foi a proposta mais votada na freguesia de Salir, bem como no contexto das 11 freguesias, com 1288 votos. Já na cidade de Loulé, na freguesia de S. Clemente, o projeto de levar mais vida ao Parque Municipal: implementação de um parque de «Street Workout», informação sobre árvores e biodiversidade, espaço artes e ofícios, zona wi-fi e tapete de xadrez foi aquele que reuniu mais adeptos: 617 votos. Em Boliqueime, os votantes optaram maioritariamente pela criação de um parque de feiras, mercados e exposições com sanitários no terreno junto ao Centro de Saúde (189 votos). Finalmente, na freguesia do Ameixial a proposta vencedora foi a criação de um espelho de água na Seiceira (189 votos).
A Autarquia de Loulé atribuiu ainda uma Menção Honrosa à proposta mais votada, neste caso à requalificação do polidesportivo da Cortelha, que recebeu 1288 votos, um número bastante expressivo numa freguesia cuja taxa demográfica não é das mais elevadas. “Foram 11 projetos escolhidos, foram 11 lutas democráticas, leais, transparentes, e vão ser 11 obras escolhidas não pelos políticos mas pelos cidadãos, daí advém o seu valor. No Orçamento Participativo, mais do que a democracia representativa, é a democracia direta que funciona”, sublinhou o edil louletano, que acrescentou ainda que “com este projeto, a democracia no Concelho de Loulé sai muito mais reforçada”.
Neste primeiro ano serão canalizados para as propostas vencedores do Orçamento Participativo 500 mil euros inscritos no orçamento municipal. No entanto, segundo adiantou Vítor Aleixo, no próximo ano será alocada a este projeto uma verba superior. Por seu turno, o vice-presidente da Câmara Municipal de Loulé, Hugo Nunes, referiu o Orçamento Participativo do Concelho de Loulé como “um projeto sólido por ser deliberativo e não apenas consultivo, abrangente já que chegou às 11 freguesias e não às atuais nove, e ambicioso pelo valor inscrito (500 mil euros), garantindo o respeito pelas propostas e pelos resultados, pelas escolhas dos cidadãos”.

publicado às 19:00



Está marcada para 28 de outubro, no Café Concerto do TEMPO – Teatro Municipal de Portimão, a apresentação da Iniciativa JESSICA – Joint European Support for Sustainable Investment in City Areas, numa ação promovida pela Regeneração Urbana do Município de Portimão. A Iniciativa JESSICA é um fundo de desenvolvimento urbano que tem como objetivo promover projetos de qualificação de áreas urbanas e de valorização de recursos naturais ou patrimoniais, assim como a criação e adaptação de equipamentos museológicos, culturais ou de lazer com relevância turística, reabilitação de áreas pedonais e condicionamento da circulação e da melhoria do estacionamento automóvel.
A apresentação, agendada para as 16h e com entrada livre, será da responsabilidade de Carlos Abade, diretor coordenador de Apoio ao Investimento do Turismo de Portugal, a que se seguirá intervenção a cargo do empresário local Michel Caixinha, que partilhará a experiência com um seu projeto financiado pela Iniciativa JESSICA, no âmbito da ARU – Área de Reabilitação Urbana.

publicado às 18:53



Os irmãos Leonor e Tomás Bessa venceram pela primeira vez o Campeonato Nacional de Pares Mistos, que a Federação Portuguesa de Golfe organizou no Lisbon Sports Club, em Belas. Leonor e Tomás Bessa somaram 142 pancadas, quatro acima do Par, enquanto Joana Silveira e Pedro Lencart sagraram-se vice-campeões, com 143 (+5), o mesmo resultado dos campeões do ano passado, Susana Ribeiro e Gonçalo Costa.
Tendo em conta os cinco birdies e apenas um bogey que carimbaram na jornada inaugural, poderá estranhar-se os dois duplos-bogey e os quatro bogeys da segunda volta, sem qualquer birdie, mas todos os pares tiveram neste segundo dia resultados muito piores. Os primeiros 18 buracos jogaram-se em «fourball» e os segundos 18 em «foursomes». Susana Ribeiro, de Miramar, e Gonçalo Costa, do Lisbon, uma equipa formada por dois jogadores que estiveram este ano no Mundial do Japão, partiram no 2.º lugar a uma pancada e assim se mantiveram, depois de também se ficarem por 77 (+8), consequência de um duplo e seis bogeys.
Os vencedores do ano passado (Ribeiro e Costa), no Quinta do Peru Golf & Country Club, terminaram no 3.º lugar, com o mesmo resultado dos 2.º classificados, Joana Silveira e Pedro Lencart, ambos de Miramar, que ficaram a dever o estatuto de vice-campeões ao facto de terem efetuado a melhor segunda volta do torneio, em 76 (+7), marca igualada pelos 4.º classificados (+7), Sofia Câmara e João Ramos. 
Para Tomás Bessa foi o segundo título de Campeão Nacional de Pares deste ano, pois já tinha sido coroado no torneio de equipas masculinas ao lado de Pedro Lencart.

publicado às 18:49




Vítor Aleixo, presidente da Câmara Municipal de Loulé, fez um balanço do primeiro ano de trabalho do atual executivo e, tendo sempre presente o lema de campanha - «Ninguém ficará para trás!» –falou dos quatro eixos que têm sustentado todo o programa autárquico. “A primeira preocupação foi pôr cobro ao descalabro financeiro em que o Município se encontrava em outubro de 2013”, destacou o edil. Assim, segundo Vítor Aleixo, e com o objetivo de estabilizar as finanças municipais e encetar um programa de recuperação com vista à sustentabilidade financeira até ao final do mandato, foram já tomadas algumas medidas que permitiram reduzir o passivo em mais de 13 milhões de euros e fazer o liquidar a dívida do PAEL até dezembro deste ano.
Relativamente ao eixo social e da inclusão, o autarca falou de uma nova dinâmica que se traduz numa atenção muito constante e próxima dos cidadãos com problemas vários causados ou acentuado pela crise. Assim, o primeiro objetivo nesta área foi plenamente conseguido com a criação do Regulamento Loulé Solidário, já publicado em Diário da República. “O Município de Loulé não tinha ferramentas legais para poder transferir aqueles que são os dinheiros públicos e acorrer às necessidades das pessoas. Foi um grande compromisso da nossa parte que por ora está cumprido”, considerou.
Também o programa «Férias para Todos» foi uma das mais importantes medidas em termos de políticas socias e de inclusão, ao permitir que, sobretudo os jovens oriundos de famílias mais necessitadas, não se desligassem da escola durante o período de férias. Realizou-se na grande maioria das escolas do Concelho, disseminando hábitos e estilos de vida saudáveis, ocupando as crianças com diversas atividades. Estas atividades contaram com o envolvimento das associações do Concelho, o que possibilitou também “reforçar o associativismo social, envolvendo-o mais nas políticas autárquicas”.
No que concerne à cidadania e participação, Vítor Aleixo falou da importância do trabalho de promoção dos valores inerentes à cidadania e participação dos cidadãos na coisa pública. “O balanço que fazemos é que dificilmente as coisas poderiam ter corrido melhor”, referiu relativamente a duas iniciativas que têm marcado pela diferença. O Orçamento Participativo 2014, que contou com o envolvimento de vários cidadãos na escolha de projetos para as 11 freguesias, para o qual a Autarquia alocou 500 mil euros; e o Programa Comemorativo dos 40 anos do 25 de Abril, que tem trazido a Loulé numerosas ações de alta qualidade com figuras de primeiro plano da vida cultural, social e política do país, para além de uma exposição sobre elementos e símbolos que fizeram a história do 25 de Abril, são as duas iniciativas apontadas pelo presidente da Autarquia como exemplos máximos deste eixo programático.
Sobre a intervenção urbana e patrimonial, Vítor Aleixo sublinhou que a dívida herdada e o passivo não impediram o executivo de fazer “obras que continuam a ser necessárias e levar por diante o cumprimento e o lançamento de obras de peso que resolvem problemas grandes da comunidade”. O arranque do Passeio das Dunas, que fará a ligação, na zona costeira, entre a cidade de Quarteira a Vilamoura, a reabilitação urbana no casco histórico de Loulé (em fase de conclusão), o lançamento da Área de Reabilitação Urbana de Loulé (a primeira na cidade e que vai permitir reabilitar e reinventar essa parte da cidade), a compra do Café Calcinha e a compra de vários edifícios para fins de reabilitação, os projetos para o Palácio Gama Lobos e para a Casa da Música Nova onde ficará instalado o Conservatório de Música de Loulé (as obras arrancam no primeiro semestre do próximo ano) são algumas das intervenções levadas a cabo já neste mandato. No entanto, o edil sublinhou mais uma vez que a prioridade não será mais para a construção de obras novas. “Iremos colocar o acento tónico da nossa gestão autárquica na reabilitação, na conservação, na manutenção”, garantiu. Para Vítor Aleixo, os programas de conservação e reabilitação dos edifícios e espaços públicos degradados serão, de resto, uma das tendências que irá acentuar-se nos próximos anos.
Quanto ao último eixo da gestão municipal – a segurança no território – o presidente falou da importância do mesmo para a principal atividade económica do Concelho, o turismo. “Para ter o nível de excelência que temos na atividade turística, nas unidades hoteleiras, nos campos de golfe, dos empresários e empresas que temos no sector do turismo, há um bem que é absolutamente essencial: a segurança. Este executivo não pode permitir que haja qualquer degradação na segurança dos cidadãos em geral e, particularmente, também a atividade de lazer dos muitos milhares de turistas que habitualmente procuram o nosso Concelho”, sublinhou.
Nesse sentido, reportou-se ao programa colaborativo com o Ministério da Administração Interna, através do qual vão ser investidos cerca de 3,5 milhões de euros para renovar e melhorar as condições de trabalho da GNR no Concelho, nomeadamente em Loulé, em Quarteira (que passará a Destacamento Territorial), em Salir e a construção de raiz de um novo posto para a GNR em Almancil. “Trata-se de uma parceria em matéria de segurança pública com resultados muito positivos e significativos e que, no próximo ano, irá ser já visível”, adiantou.

publicado às 18:43



A Casa dos Condes, Biblioteca Municipal de Alcoutim, acolhe, no dia 24 de outubro, pelas 18h30, o III Concerto de Outono, integrado na iniciativa «A palavra sexta à noite» levada a cabo pelo Município. Produto de uma experiência que se revelou um verdadeiro sucesso, a autarquia traz novamente à vila de Alcoutim um concerto de música clássica, iniciativa de cariz marcadamente cultural e social que tem permitido oferecer à população alcouteneja uma visão clássica do mundo musical.
Do programa deste III concerto de Outono constam temas de J.S Bach, Mozart, Schubert e Händel. Ao piano, estará o músico Bob Saudek acompanhado por Kate Saudek e Paul Corbett, nos violinos.

publicado às 18:31



A Região de Turismo do Algarve (RTA) organiza, a partir de dia 21 de outubro, uma visita de imprensa para jornalistas de meios de comunicação social especializados em viagens e turismo que servirá para mostrar o outro Algarve e os segredos que a região ainda esconde. A press trip prolonga-se por três dias e o programa vai ocupar-se do artesanato, gastronomia e vinhos e natureza. “Desafiei um grupo de jornalistas nacionais para visitarem o Algarve fora da época alta do verão e descobrirem uma região turística para ser vivida em pleno todo o ano. Vão ficar a conhecer um pouco mais do outro Algarve e dos segredos que ele ainda esconde, para que possam revelá-los aos seus leitores”, revela Desidério Silva.
A press trip foi pensada para mostrar aos jornalistas ligados ao setor do turismo um destino genuíno, num menu de experiências em que a natureza, o património, a cultura, a gastronomia e o artesanato estão sempre presentes. Uma das atividades propostas é a realização de experiências criativas com artesanato do Projeto TASA – Técnicas Ancestrais, Soluções Atuais. Em três locais distintos, os jornalistas vão experimentar diferentes artes tradicionais em contacto próximo com os artesãos, trabalhando com eles a empreita, a cestaria em cana e a olaria.
Os participantes realizam ainda uma experiência única com a gastronomia regional num workshop de culinária dedicado à cataplana algarvia. Tudo começará pela compra de frescos no mercado de Olhão, a confeção de uma cataplana de peixe com marisco pelos próprios jornalistas e, por fim, a degustação do prato, sempre acompanhados pelo chefe de cozinha Frederico Lopes. A Rota dos Vinhos do Algarve também fará parte da press trip, com uma visita à Quinta de Mata-Mouros, em Silves – que integra aquele roteiro, lançado em março na Bolsa de Turismo de Lisboa –, e a realização de uma prova de vinhos na adega. Antes de terminar a visita está prometida outra experiência inesquecível: a travessia em slide do rio Guadiana, entre Sanlucar de Guadiana, em Espanha, e Alcoutim. A travessia radical de 720 metros, que se faz a uma velocidade média de 75 km/h, dura menos de um minuto e será seguida de um passeio de barco no rio, para recuperar o fôlego.
A visita de familiarização com o destino conta com representantes da revista de trade Ambitur, do site de viagens Café Portugal, da revista de viagens Evasões, da revista online Passear.com, do site de trade Presstur, do suplemento semanal de viagens Público Fugas, do site de trade Turisver e da revista especializada Viagens & Resorts. A iniciativa conta com o apoio das Pousadas de Portugal, Comissão Vitivinícola do Algarve e Município de Alcoutim.

publicado às 18:26

Câmara de Lagoa homenageou professores

por Daniel Pina, em 18.10.14



A Câmara Municipal de Lagoa juntou, no Centro de Congressos do Arade, no Parchal, professores de todos os estabelecimentos de ensino do Concelho, num jantar convívio em que foram homenageados docentes e funcionários como corolário e agradecimento da sua dedicação e entrega à formação das gerações mais jovens. A iniciativa revestiu-se de particular sentido, uma vez que coincidiu com a comemoração do «Dia do Professor», efeméride que todos os anos relembra a importância desta profissão na vida e na formação das pessoas.
Na sua intervenção, o Presidente da Câmara Francisco Martins manifestou a sua admiração por todos aqueles que no ensino e no acompanhamento dos alunos criam importantes e saudáveis empatias que os ajudam na formação do seu caráter e os incentivam na sua promoção e paixão pela vida onde se cruzam tantas vezes de formas diferentes. A surpresa da noite foi, porém, uma homenagem pública à Professora Madalena Sousa. “Muitos de nós, hoje adultos, tivemos a oportunidade de, de forma direta ou indireta, receber os seus ensinamentos, os seus conselhos e a sua amizade, reconhecendo a sua competência e profissionalismo. Bem-haja, e que seja ajudada nesta hora difícil da sua vida. Estamos todos consigo, acredite”, frisou, emocionado.
Madalena Sousa, condicionada pela emoção que lhe dificultava a articulação das palavras, agradeceu o incondicional apoio que tem recebido, “com a certeza de que o meu comportamento como cidadã e a minha força interior se mantêm, pelo que podem contar comigo até onde seja possível e a vida me permita”. Recorde-se que a Professora Maria Madalena Guerreiro de Sousa, tem 58 anos, está na função pública desde 1989 e na Câmara de Lagoa, desde 1999, com a categoria de Técnica Superior dos Serviços de Educação da Câmara de Lagoa.

publicado às 10:26



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D