Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




20 anos de Semana Cultural de Alte

por Daniel Pina, em 08.04.14


De 25 de abril a 1 de maio, a típica aldeia algarvia de Alte é palco da Semana Cultural, que assinala os 20 anos de existência. São oito dias repletos de atividades culturais, recreativas e desportivas, com várias propostas que serão mais um motivo de interesse para quem visita esta aldeia do interior algarvio.
O programa arranca dia 25, pelas 10h, com a emblemática Maratona/Passeio de BTT – 16.º Passeio da Liberdade, que conta com mais de dois mil participantes, percorrendo os trilhos do interior e as belezas naturais desta freguesia. Também pelas 10h é inaugurada na Horta das Artes a Exposição de Fotografia «25 de Abril Sempre».
Outra das iniciativas desta Semana Cultural de Alte integrada nas Comemorações dos 40 Anos do 25 de Abril em Loulé é a ação de pintura mural na aldeia «Os muros não se calam», cujo ponto de encontro será na Horta das Artes. Entre as 11h e as 17h, na Fonte Pequena, vai estar patente ao público um «Mercadinho de Artesanato e Produtos Regionais», uma mostra das tradições serranas ao nível do artesanato e da gastronomia. No mesmo local, a tarde será animada pelo grupo Ao Luar Teatro, que apresenta «A Charanga do Pintassilgo», e pela música do grupo Carlos Neves Trio. Às 17h, tem lugar na Horta das Artes mais um evento inserido nas comemorações do 25 de Abril, o debate «74-14 Os nossos capitães?». Pelas 18h, é inaugurada no Pólo Museológico Cândido Guerreiro e Condes de Alte a exposição de produtos da Marca Germano.
No sábado, 26 de abril, a animação centra-se na Fonte Pequena, com o Mercadinho de Artesanato e Produtos Regionais (das 10h às 17h) e a música do grupo Carlos Neves Trio e do grupo Amantes do Alentejo. À noite, pelas 21h30, a Casa do Povo de Alte recebe a revista à portuguesa com a peça «Quem mais gamou… Melhor ficou!», do grupo Boa Esperança de Portimão. No dia 27, pelas 21h30, há Noite de Fados na Casa do Povo de Alte, com os fadistas César Matoso e Ana Marques.
A poesia sai para as ruas da aldeia no dia 28 de abril, com a iniciativa «Alte – uma aldeia de poetas». Às 21h30, no Pólo Museológico, há um Encontro de Poetas Populares da freguesia de Alte. «Gestão do orçamento doméstico» é o tema da sessão apresentada por Teresa Cabrita, no Pólo Museológico, pelas 21h30, a 29 de abril.
Integrado também na Semana Cultural de Alte, no 30 de abril, celebra-se o 5.º Aniversário do Pólo Museológico Cândido Guerreiro e Condes de Alte. Para assinalar esta data, às 15h, decorre a atividade denominada «Dos afetos nascem coleções – Vamos construir a nossa exposição», dirigida a crianças nascidas em 2009, ano da inauguração deste espaço cultural. Pelas 21h30, realiza-se mais um «Serão com as Gentes de Alte» com o tema «Reler Cândido Guerreiro - de Rosas Desfolhadas a Avé Maria», no qual participa João Minhoto Marques, coordenador da edição «Cândido Guerreiro – Obras I».
A Semana Cultural de Alte encerra dia 1 de maio, com um dos momentos altos da programação, a Feira e Festival de Folclore que integra a Cerimónia Tradicional de Casamento com Boda. Ao longo de todo o dia decorre um Concurso de Maias, pela aldeia, com o objetivo de reviver esta tradição da Serra algarvia. Na Fonte Grande, pelas 11h, tem lugar uma mostra de artesanato (Feirinha) e música ambiente. A Boda tem início pelas 12h com um almoço com comidas tradicionais e petiscos onde não vão faltar a chouriça assada com pão caseiro, os caracóis, carapaus alimados, cozido de grão, os doces e licores regionais, entre outros petiscos. Às 15h tem início o Festival de Folclore, com a atuação dos seguintes grupos: Grupo Folclórico da Pedralva (Anadia), Rancho Folclórico de Vila Nova do Coito (Santarém), Rancho Folclórico do Carregado (Alenquer) e Grupo Folclórico da Casa do Povo de Alte.

publicado às 18:06



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D